loggado
Carregando...

[Crítica] Gente Grande 2

Não vai muito além do que se espera de Adam Sandler , o que tanto impede o filme de ser melhor...


Não vai muito além do que se espera de Adam Sandler, o que tanto impede o filme de ser melhor quanto de ser pior.

Pois é, houve momentos em que achamos que Adam Sandler tinha chegado ao fundo do poço. Com Cada Um Tem A Gêmea Que Merece, o comediante certamente demonstrou isso, levando para casa todos os troféus de Framboesa de Ouro de 2011. O mesmo não se repetiu em Esse É Meu Garoto, apesar de eu achar que este é bem pior do que o anterior. Eu, particularmente, nunca gostei de seu trabalho, nem de Como Se Fosse A Primeira Vez ou Click, mas estes pelo menos são filmes muito amados pelo público em geral. Fica claro o desgaste de Sandler tanto como ator quanto como criador.

E então vem Gente Grande 2. É o que chamaríamos de desnecessário? Obviamente, já que por mim o primeiro filme sequer deveria existir. Honestamente, fui para a sessão me preparando para assistir o pior filme do ano. Correspondeu à minha expectativa? Não. Vou ser honesto: houve vezes em que me peguei dando risadas. Sinceramente, há passagens no filme que são realmente engraçadas. São poucas, mas são boas. O problema: são muito poucas. E há vários motivos para isso.

O primeiro é o fato do filme ignorar completamente a necessidade de uma história, parecendo mais um monte de esquetes jogadas de qualquer jeito na tela. A coesão e o sentido entre as cenas são reduzidos ao mínimo, limitando-se a mostrar homens crescidos fazendo besteiras que desafiam a noção de lógica e volta e meia se rebaixam a piadas de jornal de domingo. Mas até aí tudo bem, essa é a proposta do filme mesmo, e é daí que surgem algumas das cenas engraçadas. De fato, é o que se espera de qualquer sitcom clássica, ou de qualquer programa de stand up. Mas a terrível verdade é que, quando o filme se deixa levar pela história, começa a se perder em discursos piegas e situações à lá Sessão da Tarde. Ou seja, acreditem se quiser, mas o humor de Sandler consegue incrivelmente ser o ponto forte do filme.

Deixando de lado as formalidades, sejamos diretos: vendo Gente Grande 2, eu passei a acreditar novamente no potencial de Adam Sandler. Esse filme mostra que ele ainda tem talento para o público, que talvez possa ser futuramente aproveitado. Só é uma pena que não o seja aqui. Gente Grande 2 recebe de braços abertos sua absurdez, de modo que muitas situações poderiam ser engraçadas. Mas não são, porque falta sofisticação. É, por exemplo, a sofisticação que faz certos filmes e certos diretores serem tão bons. Há obras que sabem pegar o material bruto - que pode envolver sexo, tripas ou partes do corpo - e transformá-lo em algo completamente inusitado, diferente e absurdo, tanto que, mesmo de mal gosto, acabamos rindo da piada ou no mínimo esboçando um sorrisinho. Gente Grande 2 não faz isso. Como eu disse acima, abraça o absurdo, mas não sabe utilizá-lo. 

Se o filme se desse o trabalho de ser um pouquinho menos vulgar, poderia ter funcionado. Poderia ter encantado crítica, público e revitalizado a carreira de Sandler. Mas, infelizmente, preferiu fazer piadas sobre urina de cervo. Certas cenas mais parecem saídas de um episódio dos Simpsons. É simplesmente desagradável ver piadas sobre shortinhos cavadinhos, ou sobre mamilos, ou sobre gases eliminados por múltiplos orifícios. Você passa a saber o nível de um filme quando 70% de suas piadas envolvem excrementos e afins - humanos ou não. 

Talvez, Gente Grande 2 seja descontraído o suficiente para animar o grande público, e algumas cenas podem divertir até mesmo os maiores haters de Adam Sandler, de modo que está longe de ser seu pior filme. Mas, ao mesmo tempo, não está muito acima do nível de qualidade recente do comediante. Sandler deveria começar a pensar que talvez não seja bom estar apenas na zona de conforto das piadas ruins que garantem sucesso comercial. Talvez seja melhor pensar que aspirar a um nível um pouquinho maior de qualidade, no lugar em que está atualmente, pode não ser tão difícil assim.
Gente Grande 2 298101611526256767

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item