loggado
Carregando...

[Review] The Good Wife 5x22 - A Weird Year (Season Finale)

Tchau, a gente se vê na fall que vem!


Tchau, a gente se vê na fall que vem!

Eu me lembro de quando eu assisti The Good Wife pela primeira vez. Era um domingo chuvoso como qualquer outro. O cachorro estava latindo como se não houvesse amanhã, o vizinho pagodeiro começou uma sessão de karaokê, e a internet estava desesperadamente lenta, causada pela chuva que não parava de cair fazia três dias. Liguei meu computador, e lá estava, nos meus downloads, aquela série que todo mundo estava falando sobre, "uma das melhores da TV aberta", "confere lá que não há nada igual", "um dos melhores dramas jurídicos que eu já tive o prazer de ver". Foram tantos elogios que eu me cansei e fui assistir muito desconfiado, tanto que resolvi que iria apenas ver o Piloto para verificar que série era essa que ninguém fechava a matraca sobre.

Confesso, não foi amor à primeira vista, eu precisei de bons quatro episódios para me acostumar com o ritmo do roteiro. Porém, depois dessa fase de adaptação, eu me peguei pensando “que série é essa, que passa no canal mais obtuso e padronizado da televisão, mas que consegue me cativar tanto?”. Um roteiro tão afiado, personagens tão complexos, mulheres fortes que são personagens principais e que montavam as suas carreiras conforme a série se desenvolvia. Tudo isso numa série com audiência terrível, em um canal cuja grade se compõe basicamente de “nome título da série policial: inclua o nome da cidade onde se passa aqui”.

Ah se eu pudesse voltar dois anos atrás e esquecer toda a série, apenas para poder aproveitar de novo tudo aquilo que ela já me ofertou. Seria realmente muito bom, porque não há experiência igual a assistir The Good Wife. Uma série que até quando está ruim, tá boa, e quando tá boa, tá excelente. Porém uma temporada em especial marcou a série para sempre, e eu, é claro, estou falando do seu quinto ano, que simplesmente sambou na cara de TODO MUNDO e deixou as invejosas/recalcadas/inimigas no chão.

Perdoem-me o trocadilho, mas que ano estranho foi esse. Não pelo fato da série ter sido maravilhosa, isso é de praxe, mas aconteceu muita mais coisa dentro dessa temporada do que provavelmente em toda série. Praticamente em todo episódio eles jogavam uma bomba no nosso colo, e a gente simplesmente teve que lidar com isso. Apenas imaginem se um ano atrás eu dissesse tudo que iria acontecer na quinta temporada, que o Will vai morrer, que a Alicia e o Cary vão sair da firma e criar sua própria, que a Diane vai querer entrar nessa nova firma e abandonar a L.G., que a Alicia pode concorrer como Procuradora Geral e que os filhos da Alicia não teriam nenhum plot desnecessário e chato. Eu sei que eu não acreditaria.

É apenas necessário traçar uma simples linha do tempo para perceber que tudo mudou. A Alicia da 1ª temporada, uma mulher pouco confiante, que ficava com medo de tomar suas próprias decisões e sempre se perguntava como isso ou aquilo iria parecer para as outras pessoas, não tem NADA a ver com a Alicia da quinta temporada, uma mulher segura de si, uma mulher forte, que ousa, que tenta de tudo para conseguir o que quer, dentro ou fora do tribunal.

A questão chave dessa temporada é que tudo que nós achávamos seguro, dado como certo, foi virado de cabeça para baixo e sacudido. A quarta temporada foi criticada pelo marasmo e má escolha de arcos, ninguém contava com uma virada tão sensacional quanto essa. Com essa temporada, todos os relacionamentos interpessoais e as dinâmicas entre os personagens mudaram. Exemplo disso foi a morte de Will Gardner, um homem que ainda faz a mais absoluta falta, um buraco no meio de um quadro perfeitamente pintado; essa morte mudou todo o cenário da temporada. A morte do Will é a representação perfeita de que a série não tem mais medo de ousar e sair do lugar comum. Porque na minha review do primeiro episódio, eu coloquei lá: “The Good Wife volta para o seu quinto ano na televisão e todos sabem que após tantos episódios, o roteiro tende a ficar repetitivo e preguiçoso. Cabe aos escritores da série reverter esta situação e se reinventar a cada temporada, criar novas dinâmicas e personagens. Manter o que era bom e jogar fora o que deixou de ser, somente assim uma série vai para frente.”. Bem, parece que os roteiristas entenderam, ou melhor, levaram muito a sério, o recado.

A Season Finale foi um final perfeito para uma temporada perfeita. O início foi excelente, com eles na vídeo conferência e depois vendo o que acontecia na sala da L.G, com o David dizendo que a L.G seria destruída em 48 horas. Eu pessoalmente não achei esse final tão bom quando os das outras temporadas (que sempre foram os melhores em suas respectivas temporadas), mas eu gostei da forma que o episódio foi construído, aumentando o suspense conforme o tempo passava.

Mas esse episódio nos deixou com uma série de cliffhangers que vão tornar uma tarefa difícil esperar até a fall. A começar com a Diane saindo da L.G e querendo entrar na F.A. Gente, eu fiquei é em choque, eu jurava que a mulher iria escolher sambar na cara do Canning e continuar na própria firma, e dai ela vai lá trabalhar nas docas? Isso nos deixa com vários questionamentos, porque sem a Diane lá, não há nenhum motivo para continuar mostrando a L.G dentro da série, o que seria outro enorme passo dentro da dinâmica dela.

Outro plot que ainda vai dar muito que falar é essa cena final do Eli e da Alicia. Ele virando os olhos, a ideia crescendo dentro da cabeça dele, não sabendo se falava ou não, bem divertido de acompanhar. Mas enfim, Alicia agora tem a opção de ser Procuradora Geral do estado de Illinois. Será que ela vai aceitar? Eu, sinceramente, não sei se eu vou gostar dela lá ou não, porque Alicia sempre funcionou num escritório de advocacia, e não comandando seu próprio time de procuradores. Vamos ter que aguardar para ver.

Observações:

- Foi muito bom estar com vocês nesse último ano!

- Sou super a favor de plot UFC de véias, pra ver quem assa a lasanha mais rápido enquanto desce a porrada na outra!

- Falando em UFC, o que foi esse barraco Alicia x Cary? Sou #TeamCary nessa!

- "HOLY CRAP".

- TODOS OS PRÊMIOS DO MUNDO PARA ESSA TEMPORADA DE THE GOOD WIFE, PONTO FINAL.

The Good Wife 2737722248723984441

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item