loggado
Carregando...

[First Look] You're the Worst 1x01 - Pilot

Com uma trama simples, You're the Worst  conseguiu brincar com os clichês que rodeiam os v...


Com uma trama simples, You're the Worst conseguiu brincar com os clichês que rodeiam os vinte e tantos e proporcionou os melhores 25 minutos de comédia nesta Summer.

Em tempos que comédia boa é aquela que repete a mesma piada há mais de sete anos, em que roteiros afiados, divertidos e comprometidos com o telespectador são raridade, e em que elenco entrosado e em sintonia não existe mais, surge uma luz no fim do túnel. Eu digo isso porque os 25 minutos do Piloto de You're the Worst valeram mais que uma temporada inteira de série ‘consagrada’ por aí. Eu não sei se foram os meus padrões que abaixaram para eu aceitar a série tão rápido, ou quem sabe é tudo que tá ruim mesmo e eu agarrei a primeira oportunidade de ser feliz, mas YATW entrou oficialmente nas minhas séries de comédia (Veep e Modern Family foram as únicas que restaram).

Mas qual é a fórmula? Como uma série consegue conquistar tão rápido uma base de fãs e animar toda a crítica especializada? Muito simples, caro leitor: os produtores seguiram a receita não tão mágica de fazer série boa. E eles seguiram a risca, os produtores e roteiristas simplesmente fizeram o que toda série boa de comédia faz, e que nenhuma outra série de comédia nos últimos anos conseguiu fazer. Eles juntaram a básica combinação de: bons atores entrosados entre si + roteiro afiado, com uma pitada de ausência de restrição de horário. Não é um segredo, não é um mistério, mas o simples fato é que pouca gente tem a capacidade de fazer isso, e resolvem gastar milhões para proporcionar 20 minutos meia boca de piadas desgastadas e risadas de fundo, para que assim você saiba a hora que alguma coisa é para ser engraçada.

A trama de You're the Worst é simples. Dois personagens, que se conheceram em um casamento, entram em um relacionamento que ambos sabem que está fadado ao fracasso. Ambas são pessoas com valores morais questionáveis e que sabem que suas personalidades assassinam qualquer relação. Porém, o universo gosta de brincar de vez em quando, e como vemos no decorrer do episódio, os dois acabam embarcando de vez nesse ‘lance’, por mais improvável que ele pareça. Jimmy é um escritor britânico falido, (com um sotaque absurdamente maravilhoso e humorístico por si só) que mora com um traficante/paciente mental, e que comprou uma casa com o dinheiro que a editora adiantou para ele. Gretchen é uma produtora/assistente/manager (algo dentro disso) que administra a carreira do seu cliente que adora causar problema.

Os atores são, sem dúvida, o maior trunfo da série. Em pouquíssimas comédias, e porque não dramas, eu vi um casal de protagonistas tão bem entrosados logo no primeiro episódio. O roteiro ágil ajudou, é claro, mas acredito que o episódio teria desmoronado se atores não tão em sintonia tivessem sido escalados. Várias piadas foram sensacionais, e a série realmente melhora conforme os episódios vão passando, se aproveitando dos clichês de um relacionamento, exatamente na idade que a maioria das pessoas quer ser ‘livre’. Os coadjuvantes são muito bons também, especialmente o traficante com vibe de guru alternativo que sempre me faz rir.

Acredito que a série seja uma excelente pedida para qualquer um, porém, especialmente para aqueles na faixa dos 20 e 30, quando suspeitosamente a sua amiga que você não fala já faz algum tempo posta fotos de um berçário, e que temem que lenta e progressivamente sua linha do tempo deixe de ser festas e faculdade e passe a ser casas e bebês. Enfim, eu recomendo a todos irem assistir agora You're the Worst, mais um excelente trabalho do FX nessa Season, sem dúvida uma das séries que mais me surpreendeu no ano.

You're the Worst 1221924091370386767

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item