loggado
Carregando...

[Review] Once Upon a Time 4x08/09 - Smash the Mirror


Olá, leitores! Por conta de problemas técnicos, a review está saindo um pouco mais tarde desta vez. O episódio de Once Upon a Frozen antes deste breve hiatus foi a prova viva do quanto os roteiristas estão pouco se importando com a timeline da série. Enfim, vamos começar.

De início, gostaria de declarar que ninguém deveria ser obrigado a assistir episódio com mais de uma hora de duração de OUaT. É quase uma sessão de tortura, caros leitores. Enfim, first things first:

Embarcamos por uma jornada na história passada de Arendelle. Descobrimos como Elsa foi parar dentro da urna e o quão incrível, inteligente, forte, meticulosa, entre tantos adjetivos que se encaixam, Snow Queen é.

Só pelo fato dela alcançar esta virtude, já merecia
vencer a todos e sambar em cima de Storybrooke.

Através dos flashbacks vemos a força do feitiço da Visão Despedaçada quando Anna é amaldiçoada e joga todas as verdades na cara da irmã. Pareceu até aqueles momentos de festa de família quando o primo da sua mãe bebeu demais e começa a falar tudo que pensa de todos os presentes.

E claro que sempre tem uma tia que
instiga a pancadaria...

Aos que não lembram:


Mas até eu, com meu coração tão gelado quanto a caverna que vive a nossa Rainha Leiteira favorita, tenho que admitir que esta cena abaixo foi, definitivamente, linda:


No geral, o desenvolvimento do passado da família de Elsa mostra de forma intrigante os dois lados da personagem de Mitchell. O objetivo de conseguir ter seu final feliz é tão grande que a própria não enxerga o mal que causa aos que diz compreender e deseja estar ao lado. É evidente que ao congelar todo o reino a mesma não se encontra completa ou satisfeita. E Elsa, juntamente a Anna, mostra o motivo de serem tão queridas pelo telespectador. A amizade que une as irmãs remete bastante ao que Ingrid tinha previamente, mas com a diferença de não existir uma tragédia mal entendida.

Em Storybrooke, as coisas não andam de vento a polpa para os moradores (apesar dos inocentes não saberem de nada direito). Emma Swan all by herself sofrendo com seus problemas de


vivenciando o que deveria ter experimentado em sua primeira experiência com a própria magia.

Swan dando uma surra no Henry ~sem querer~



O desdobrar do plot da personagem de Jennifer Morrison descarrilhou uma série de eventos. O mais interessante de toda a situação apresentada é que Emma foi justo procurar o Sr. Ouro para ajudá-la e não a pessoa que sempre a ajudou quando se trata de magia. Os two idiots ~leia na voz da Regina~ exercendo muito bem o papel neste episódio ao, simplesmente, aceitar que a filha quer tirar os poderes.


Ainda bem que a Elsa estava lá para salvar o dia.




Rumples caminhou um longo percurso até a quarta temporada apenas para abraçar de vez seu lado negro. Por sinal, onde está Belle? Boatos de que estava cuidando de Neal, porém na casa dos Charmings ela não estava e nem junto do marido. Hmmmmmm...!

Sobre Regininha Mills gostaria de começar declarando que meu problema não é com o shipper OutLawQueen, mas com a história apresentada. A personagem de Lana Parrilla foi descaracterizada por causa dessa suposta história de amor. Traição é autorizado na série, mas personagens gays não pode ter - e dizem as más línguas que é uma série de família. Que bela cagada os roteiristas fizeram na história. E será extremamente controverso se a história da Regina for reconstruída e toda Storybrooke permanecer.


Encontrei a música do Robin:



Fui a única que ouviu esta música tocando na cena?


Como ficará Capitão Gancho nesta história agora que, como diria a filósofa Kelly Key, terá que ir aonde o Sr. Ouro mandar, porque agora o jovem (só que não) é o cachorrinho dele?! Pois é... Será que veremos o fim do personagem ou a reviravolta ainda está por vir?


Considerações Finais:

- O episódio termina com Snow Queen toda poderosa lançando a maldição. Portanto, apresento-lhes a preview do próximo capítulo:


Até a próxima!
That's all folks!

Reviews 4802771593445406798

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item