loggado
Carregando...

[Review] The Walking Dead 5x06 - Consumed

" Não somos cinzas. "


"Não somos cinzas."

Primeiramente, quero agradecer ao meu amigo José Guilherme por cobrir a review semana passada enquanto estive ausente. Obrigado, Gui! Mais uma ótima review! Agora vamos falar do episódio dessa semana.

Se Beth teve seu momento solo, Carol também merecia um. Claro que, ao lado de Daryl, um dos personagens mais carismáticos da série, fica complicado afirmar que esse foi um episódio somente dela. Mas fica claro com os flashbacks que Carol estava em destaque. Momentos curtos, porém interessantes do passado da personagem, que vai ganhando camadas mais profundas a cada temporada. Ao meu ver, Carol já é indispensável para The Walking Dead e por isso temo que ela morra nos próximos episódios, pois está me lembrando muito a mesma situação que Andrea passou antes do fim.

Se isso vai acontecer ou não, logo saberemos. O importante é destacar como o roteiro está compacto e bem interligado. Apesar do isolamento do núcleo de Abraham, os dramas são os mesmos, as questões são as mesmas, existe um caminho claro que a série decidiu seguir e acho isso importante em qualquer história. Quando dá certo é ótimo, por exemplo com Breaking Bad, e quando da errado é ruim, como no caso de True Blood. Porém, é menos pior do que uma série que se perde, que não vai para lugar nenhum, por isso gostei do final da série da HBO, pois seguiu uma linha mesmo não sendo a melhor possível, mas seguiu. E The Walking Dead já foi assim, perdida, mas finalmente os roteiristas decidiram criar uma proposta e segui-la até o fim, ou pelo menos até esse episódio.

Por mais que tenha se criado essa ideia de que The Walking Dead é uma série sobre pessoas, não sobre zumbis, a verdade é que ela é sobre ambos, e em muitas temporadas passadas houve uma dificuldade de relacionar essas duas visões. Uns gostavam do drama, outros queriam a ação e as duas opiniões estavam certas, e esse é ponto positivo desta temporada atual. Finalmente existe um equilíbrio. Os dramas dos personagens se envolvem diretamente com o apocalipse zumbi e os tornam muito mais interessantes do que eram, por exemplo, na segunda metade da quarta temporada.

O ponto alto daquele período foi justamente a relação entre Carol e Lizzie. A menina simplesmente cometeu um erro que não poderia: ter afeição aos walkers. Nesse mundo novo você sobrevive sendo psicopata, sobrevive sendo tirano, sobrevive sendo canibal, sobrevive até mesmo tentando manter a normalidade, mas não sobrevive gostando de zumbis. É algo inadmissível, é a verdadeira loucura dessa realidade, e por isso Carol fez o que fez. Mais uma vez, pensando no necessário para sobreviver. É isso que a move, mas também o que a destrói aos poucos. Carol se adaptou muito rápido a esse mundo selvagem e acaba sendo inevitável não entrar em conflito consigo mesma no momento em que ela para e pensa: "o que estou fazendo". Porém, Carol lida melhor com isso do que Rick, por exemplo, que caminha a passos lentos para a insanidade. Mesmo se sentindo consumida aos poucos, Daryl alerta que eles ainda estão vivos, ainda são pessoas, ainda há pelo que viver.

The Walking Dead já deixou tudo encaminhado para sua mid-season finale com este episódio. Em breve teremos o confronto entre o grupo de Rick e o do hospital. As expectativas do público vem sendo atendidas. Como esperávamos, ocorreu o encontro entre Noah e Daryl, descobrimos como Carol foi parar lá no hospital e que não será fácil salvar as duas. Pessoas vão morrer, resta saber quem. Acreditava que Beth era forte candidata a não passar dessa temporada, mas pode ser que seja Carol, o que seria um erro do roteiro (matar uma das personagens que dificilmente morreria, visto sua adaptação ao mundo apocalíptico) e seria triste, pois Carol já é uma das minhas favoritas.

Consumed pode ter sido mais lento do que os outros episódios, mas trouxe muita tensão e situações novas, como walkers presos em sacos de dormir ou em barracas, e claro aquela queda do viaduto. Uma dúvida que não consegui entender era quem estava no carro que vinha logo atrás de Carol e Daryl na estrada, não pode ser Noah, pois ele estava a pé. Talvez fosse mais alguém do hospital, porém fiquei em dúvida. Se alguém souber a resposta ou tem algum palpite, deixe aí nos comentários! E até a próxima review.

The Walking Dead 4628747220021868563

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item