loggado
Carregando...

[Review] Once Upon a Time 4x10/11/12 - Fall/Shattered Sight/Heroes and Villains


Olá, leitores! Depois de um longo hiatus devido as complicações da vida, a review de Once Upon a Frozen (não tão Frozen assim mais) está de volta. Portanto, chega de enrolar e vamos comentar este arco que se encerrou.

First things first, como diria Emma Swan.


Então, Rumple...


Primeiramente, gostaria que tirássemos um minuto para olhar bem para o rosto da Miss Mills assim...


Apenas incrédula com a afirmação de que apenas o Robin e o Henry acreditam nela. Mas oi? Já se esqueceu da segunda temporada? Tanto tempo, né? Para que se lembrar da pessoa que sempre acreditou nela?! Pois é, roteiristas, assim fica difícil defender vocês (quer dizer, com todo este arco, está muito difícil defendê-los).


O arco de Frozen, finalmente, chegou ao fim. Infelizmente, não foi aquilo tudo que o marketing prometeu. Um roteiro fraco para bons atores convidados. Elizabeth Lail interpretou uma excelente Anna, assim como Georgina Haig foi brilhante como Elsa. Claro que a mais deslumbrante é a querida Elizabeth Mitchell.

Todos sentimentos sua falta, my Queen



Os episódios 10 e 11 consistiram em toda parafernalha da maldição do Shattered Sight. Com o Hook sendo fantoche de Rumple e impedindo as fadas de lançarem o antídoto para tal, temos o deleite de acompanhar as brigas que se sucedem então. Mas cá entre nós, a história do colar ser a tal estrela dos desejos foi bem conveniente. Ao menos, mesmo que por um breve período, Anna esteve presente em Storybrooke. Engraçado que o mundo está se acabando e a moça está tagarelando, como sempre.


Acredito que o momento mais sensacional foi ver Rainha Má e Branca de Neve brigando com espadas. As tiradas de Maria Margareti estavam maravilhosas. Once Upon a Time foi engraçado ao ponto de o episódio 11 ser muito melhor do que todo o restante que vem sendo feito nesta quarta temporada. Causaram tantas risadas que nem é necessário criar memes.


Revelada a história de Emma e Ingrid e, apesar de bem boba a sua finalização, a cena da Snow Queen se sacrificando e recuperando as memórias de quem havia sido foi bonito.

Três mocinhas elegantes...

O último episódio desta primeira parte consistiu em Sr. Ouro de volta, completamente, as suas raízes. Afinal, segundo a sua teoria, once you go evil you never go back. Os roteiristas de Once Upon a Time, realmente, se superaram no quesito apelação; tem como ser mais apelativo do que juntar Cruella De Vil (Victoria Smurfit), Maleficent (Kristin Bauer van Straten) e Ursula (Merrin Dungey) em uma parte da temporada e nomeá-las “Rainhas das Trevas”? Por favor, que nome ridículo dado ao trio.

Parece que o mundo dá voltas, dearie

E bravo aos criadores que voltaram o Sr. Ouro a estaca zero apenas para provar o fato de que os vilões não têm finais felizes e inserir este plot meia-boca de achar o autor do livro “Once Upon a Time”...


Sobre Robin Hood:




Sobre esta cena:


E esta:


Realmente, só faltou ela dizer isso... :'(

Bom, agora resta esperar para ver o ~mimimi~ que será esta ladainha de “Heróis vs. Vilões”. A propósito, as fadas estão no chapéu? Quem guardou o chapéu? Fica a dúvida!

Feliz Natal e um próspero Ano Novo a todos!
Boas festas! That's all folks!

Reviews 2063016916149121124

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item