loggado
Carregando...

[Review] The Originals 2x09 - The Map of Moments

“ Por que nossa família está sempre em guerra? ”


Por que nossa família está sempre em guerra?

Aí está uma bela forma de fechar o ano. The Originals veio muito mais forte para a sua segunda temporada e continua prometendo até o final. Desde a sua volta, Rebekah se empenhou e lutou pela família Mikaelson. E essa semana não foi diferente, o que dá a personagem o destaque da semana e da winter finale.

O drama de The Map of Moments foi diferente, e a mistura com a ação do episódio deixou tudo melhor. Os sacrifícios mais uma vez estão presentes em The Originals, aliás, essa temporada até então tratou muito sobre isso. Hayley abrindo mão do seu amor por Elijah para poder amar a filha; Rebekah se libertando da vida vampírica pelo bem da família; Elijah abrindo mão do seu amor para que a sobrinha possa ser amada. Foi um episódio e tanto, e não vimos tanta ação igual estamos acostumados. O legal de The Originals é isso, é uma série de drama-ação que consegue variar entre essas extremidades sem perder sua identidade. E essa qualidade toda foi reconhecida e vai continuar sendo.

Esther teve o que merece. A jogada de Klaus e Rebekah foi inimaginável. Por alguns momentos achei que ela tinha se livrado, mas aí eis que temos a surpresa. Mesmo odiando o vampirismo, ficou claro que Esther não vai abrir mão da vida. Só não tenho ideia de como ela se encaixará nessa nova vida. Camille, que cresceu bastante nesse início de temporada, teve seu dilema resolvido. Só que agora o problema dela é Finn. Ele deixou bem claro que vai caçá-la... e todos os vampiros de New Orleans.

Hayley e Elijah têm o momento que todos estavam esperando desde o início da temporada. A cena dos dois foi realmente o que eu esperava, e acho que conseguiram satisfazer a vontade de todos os fãs. E agora as coisas entre eles serão mais libertadoras e menos forçadas. Outra cena bastante esperada foi o reencontro de Klaus, Hayley e Hope. Apesar de ter sido emocionante, não foi o que eu esperava. Poderiam ter ido muito mais fundo nesse quesito e decidiram deixá-lo superficial. Essa falha não atrapalhou o andamento do episódio, mas foi algo que ficou faltando.

Tivemos um episódio incrível e uma bela construção dos próximos 'vilões' a serem explorados na série. De um lado temos Finn, extremamente vingativo e que quer fazer todos os vampiros pagarem pelo o que ele foi obrigado a passar; não podemos nos esquecer de Dahlia, que deve retornar mais pra frente para pegar Hope. São inúmeros rumos que The Originals pode tomar e, para sabermos qual será, temos que continuar ligados. Obrigado pela companhia, boas festas e ano que vem estou de volta.

The Originals 7568333925554866082

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item