loggado
Carregando...

[Review] Arrow 3x09 - The Climb


O último episódio antes de um hiato é sempre algo complicado de se fazer; apenas manter a trama interessante e dar continuidade ao enredo não é o bastante, é necessário mostrar algo que deixe os fãs querendo mais. Acho que é seguro dizer que isso foi bem feito até demais.

Mas antes de falar do final chocante vamos analisar o que aconteceu antes: finalmente terminou a investigação do assassinato da Sara, e essa foi a primeira surpresa. Eu não imaginava que Thea pudesse ser a assassina porque realmente não acreditava nas habilidades dela para algo do tipo, mas a cena deixou bem claro que o fator surpresa ajudou bastante nesse sentido. Com certeza esse caminho é muito mais interessante do que qualquer outra opção possível. Se Merlyn fosse o responsável não haveria surpresa, e se Ra's fosse o assassino o drama seria bem menor.

Falando um pouco sobre as outras personagens da série, Laurel finalmente contou para alguém sobre o que aconteceu com Sara e, se a conversa dela com Thea foi bem emocionante, a conversa com a mãe delas foi incrivelmente calma por parte da Laurel. Talvez ficasse dramático demais fazê-la chorar duas vezes pela mesma coisa no episódio, mas levando em conta que ela estava dando essa notícia para a mãe, talvez esse exagero fosse bem-vindo. Enquanto tudo isso acontecia com a futura vigilante, Felicity estava ocupada conversando com seu chefe sobre o projeto A.T.O.M.. Eu, honestamente, não esperava ver o futuro uniforme dele tão cedo, mas essa surpresa foi muito boa, especialmente porque a reação da Felicity foi engraçada como se poderia esperar. Apesar de ter gostado eu realmente espero que não apressem muito a aparição do Ray com versão final do uniforme. Já que os próximos episódios serão focados na Laurel como vigilante, torço que ela seja o centro das atenções em todos os aspectos (e que trabalhem muito bem para melhorar um pouco a personagem).

A ligação entre flashback e presente acabou sendo outra boa surpresa (já foram tantas que parece que eu estou só repetindo a mesma coisa). Não sei como esse novo personagem se encaixará na história atual (talvez ele salve a vida do Oliver, mas e depois?), mas foi bom ver que os dois tempos ainda se cruzam tão bem na série. A luta da Katana também foi uma cena bem interessante que eu estava esperando muito.

Apesar de tudo isso é óbvio que a cena final foi o momento mais chocante de todo o episódio (ou até mesmo da série). Não acho que qualquer fã  realmente acreditava que o Arqueiro fosse vencer o líder da Liga dos Assassinos, mas a forma como todo o episódio foi criando a expectativa para os momentos finais acabou gerando uma centelha de esperança. Esperança esta que foi empalada e chutada de uma montanha, assim como o Oliver. A cena da luta foi muito boa, e a quase virada no final abriu um sorriso no meu rosto, mas o último momento da série acabou sendo a cena que define literal e figurativamente o que é um cliffhanger.

O que podemos esperar do episódio de retorno? O Oliver não deve voltar tão cedo, então as reações dos seus companheiros com sua ausência deverão ser o foco do primeiro episódio. Como será que a cidade ficará sem seu principal protetor? São muitas perguntas e muita expectativa, mas depois desse último episódio eu já não tenho nem um pingo de dúvida sobre a capacidade dos criadores.

Reviews 2696519092189980661

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item