loggado
Carregando...

[Review] Pretty Little Liars 5x13/14 - How the ‘A’ Stole Christmas/Through a Glass, Darkly

Mona vai, Mona vem.


Mona vai, Mona vem.

WOW! :O Não teria outro jeito de começar essa review. Eu, que quis dar uma de esperta, vi o especial junto com o novo episódio para engatar nessa retomada, fiquei como? CHO-CA-DA. Então vamos ao que interessa, começando pelo maior susto de todos os tempos: Mona Ghost. Que produção é aquela?! Ahazante. Fica até difícil prestar atenção no que ela fala só para ficar reparando naqueles cabelos brancos (Mona, pede umas dicas para a Elvira, rs!).

Brinks a parte, depois de morta, parece que ela vai contribuir para a rainha das liars Ali compreender seu passado e consequentemente todas essas batalhas travadas por –A. Claro que a gente que está acostumada com tantas tretas não vai acreditando nessa bondade assim, logo de cara. Com certeza o desenrolar ainda vai demorar, não será tão fácil quanto um fantasma que resolve tudo, né?!

A corrente que acreditava numa Ali gêmea pode comemorar. Por enquanto é a explicação mais coerente para o aparecimento da garota de branco e os presentes de natal na infância. Fiquei perdida, ou melhor, continuo sem saber ao certo sobre a morte de Bethany. Era ela ou não era? Ela é a garota de branco ou temos uma terceira pseudo Ali? Ainda vou especular por mais alguns episódios junto com vocês. E a morte prevista de Ali, quando será? Por que será? Muitas, muitas perguntas as usual.

Com todo mundo culpando Ali pela morte de Mona (depois, até a polícia vai se convencer disso), ela ainda tem a coragem de aparecer na cerimônia de despedida da nossa fantasminha camarada. Não faço ideia de qual –A matou Mona, só duvido muito que tenha sido realmente ela, mas isso não vai evitar que a loira passe um tempo se explicando para a justiça. Essa semana promete!

Saindo um pouco da ordem cronológica dos fatos, mas propondo mais uma interrogação a vocês: o que será que –A quer mesmo com todas as liars? Matá-las a gente já viu que não é pós-ataque à Hanna. Pelo menos não assim, uma de cada vez como já teria sido possível inúmeras vezes. Prendê-las? Talvez. Mas seria uma vingança muito simples diante de armações tão complexas, não acham? Vamos ver o que será revelado e aguardar que seja bem emocionante e convincente.

P.S.: Não que seja importante no geral, mas preciso deixar registrado que a abertura do especial com aquele esmalte colorido ficou bem fashionista e assombrosa.

Reviews 4112898144419567882

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item