loggado
Carregando...

[Review] Better Call Saul 1x03 - Nacho

Provocando as pessoas erradas.


Provocando as pessoas erradas.

Better Call Saul chega ao seu terceiro episódio e já é possível perceber que existe muito potencial nela. É notável a capacidade de Vince Gilligan e Peter Gould de expandir o universo criado em Breaking Bad. O spin-off tem um início mais intenso e atrativo para o público geral do que sua série mãe - até hoje ouço muitos comentários reclamando da lentidão dos primeiros episódios de Breaking Bad - e Saul como protagonista consegue ter mais carisma do que Walter White, que provocava amor e ódio no público. Logo, assistir a um episódio de Better Call Saul é bem mais fácil e divertido. A questão que fica agora é como Jimmy McGill vai lidar com seus problemas quando eles passarem a envolver risco de vida.

Tivemos uma ideia nesse episódio que acabou me fazendo pensar como Saul tem sorte de estar vivo. É claro que a série deve mostrar como ele foi melhorando aos poucos na eloquência ao lidar com os piores bandidos possíveis, mas por enquanto assistimos a Saul cometer uma série de erros amadores, que o fizeram até ser perseguido pela polícia. E onde começa a curva no caminho de Jimmy McGill rumo a sua futura especialidade? Justamente com Mike, que finalmente fez mais do que cobrar adesivos. O ex-policial deu a dica que Jimmy precisava para encontrar os Kettleman e resolver sua pendência com Nacho. Mas as coisas não parecem que serão tão fáceis por mais que os Kettleman pareçam inofensíveis. Quando aquela enorme quantidade é que está em jogo, ninguém é inofensivo.

Ao que parece, Jimmy tem em Kim uma aliada importante, mas não sabemos ainda até que ponto ela é alguém em que ele pode confiar plenamente - não podemos esquecer que Jimmy vai mudar de nome no futuro, uma mudança dessas não deve ter sido por pouca coisa -, por enquanto ela é mais uma que reforça o elenco da série. Está claro também que Jimmy não vai deixar Mike de lado após ver a capacidade dele em ajudá-lo nos seus problemas. Pode ser o início dessa parceria, entretanto Mike está bem desanimado. Como e porque deixara de cuidar da guarita de um estacionamento para ser o homem-forte de um dos maiores traficantes do Novo México também é algo interessante, e só aumenta as expectativas sobre os eventos futuros de Better Call Saul.

Por ora, como visto no episódio, Jimmy tem como principal problema o traficante Nacho. Problema que ele mesmo criou ao alertar os Kettleman, mas isso torna o personagem mais interessante porque Saul não aparenta ser mal como Nacho e como muitos que já vimos em Breaking Bad. Isso não o livra de ser alguém anti-ético, e aí estão os principais pontos onde Better Call Saul explora seu protagonista. O flashback do início do episódio releva um Jimmy ainda mais imaturo, sendo apenas um problema para o irmão, que ainda não aparentava nenhum comportamento alterado. Com certeza essa relação dele com Chuck deve explicar melhor quem é Saul ou porque ele é assim, um sujeito que só queria se dar bem e acabou se envolvendo numa rede de criminalidade até não conseguir sair mais.

Com mais um bom episódio, quase não há dúvidas de que Better Call Saul é um dos novos dramas mais legais para se assistir na mid-seasonNacho desenvolveu melhor alguns personagens de apoio e ampliou a série de possibilidades que os próximos episódios podem trazer. Isso é importante, pois com uma segunda temporada já garantida, ter conteúdo será essencial para manter o bom nível que o drama vem apresentando.

Considerações Finais

- Saul e suas referências cinematográficas felizmente são piadas que funcionam muito bem! (Para quem reconhece a referência).

Reviews 8381526522048985258

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item