loggado
Carregando...

[Review] Vikings 3x03 - Warrior's Fate

" Hail Frey, Lord of the fields! Lord of the Vanir, Golden of hair as the fields of whea...


"Hail Frey, Lord of the fields! Lord of the Vanir,
Golden of hair as the fields of wheat."

Episódio mediano de Vikings, Warrior's Fate foi um pouco forçado ao mostrar, mais uma vez, o que vem se repetindo desde a volta da série: a batalha de Ragnar, como Largertha anda se sobressaindo e como as decisões de Bjorn questionam sua posição de futuro líder. Para uma temporada de dez episódios, os novos plots, por mais bem construídos que sejam, estão um pouco mais lentos em questão de timing comparado às temporadas anteriores.

Ragnar só vai lutar contra o irmão da Princesa Kwenthrith agora para respeitar o descanso de seus homens após a primeira batalha. E como consequência disso, vemos que Torstein, mesmo sem um braço, escolhe morrer em batalha. A simbologia dele como guerreiro foi bem aproveitada aqui e, mesmo chateando um pouco a opinião do amigo Floki, ele escolhe se juntar a Odin no Valhalla.

Com uma estratégia de cercamento, os vikings e os ingleses aliados acabam com a maioria dos inimigos e fazem o irmão da Princesa se render finalmente. Mas como consequência da batalha também, Porunn é ferida e Bjorn perde o juízo por conta da futura esposa e mãe de seu filho. Contudo, quando a notícia chega ao Rei Lothbrok é que a raiva se mostra tão forte quanto a razão usada em campo de batalha. Talvez Bjorn ainda não esteja preparado, aos olhos do pai, para ficar em seu lugar... Deixar uma mulher grávida lutar é realmente loucura. Afinal, até a Lagertha, que é mentora dela, pensa duas vezes antes de fazer escolhas perigosas como esta. Não que tomar banho numa banheira romana antiga com o Rei Ecbert seja algo plausível à alguém em sua posição de Earl, e aparenta mais a ser como de mulher livre que toma seu próprio destino nas mãos. Esse relacionamento dos dois ainda pode trazer sérias consequências para a aliança entre vikings e ingleses, e isso irá deixar o Rei dela nada feliz. Althestan também está tendo momentos de tentação com a nora de Ecbert, mas parece ser mais racional quanto à questão da carne.

Quando as notícias da vitória de Ragnar chegam a Wessex, também vimos que o rei inglês está tão interessado na Earl que fica para presenciar o ritual à Freya em comemoração à vitória e ao plantio bom que os fazendeiros tiveram graças à nova tecnologia de arado da terra oferecida por Ecbert. Outro problema da união entre as duas culturas poderá surgir, uma vez que vemos que nem os conselheiros do Rei e nem Floki estão felizes com esse sincretismo. Esta polêmica será um bom plot no desenvolver da temporada, logo que vimos esta imagem que representa bem o que o Althestan já falou no episódio passado: "Eu amo Jesus Cristo, mas Odin também."

Até Ragnar aderir ao cristianismo, ele tem outras coisas com o que se preocupar, como o fato de Porunn estar carregando seu neto e o que seus outros filhos poderão enfrentar em casa. Pois o assassinato de dois garotos bem da idade dos filhos do Rei vikings chocou a comunidade. Um pescador encontrou os corpos em alto mar e está cada vez mais claro para Siggy que o pedinte contador de histórias mágicas tem algo sério a esconder. Tanto que quando ela vai ao Vidente, ele confirma que seu pesadelo é uma verdade revelada. A Helga também começou a duvidar dele após o assassinato dos garotos, mas o que ele esconde só veremos mais adiante.




Vikings 6768455589760919733

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item