loggado
Carregando...

[Fora de Cena] O Quarteto


Olá, leitores! O Fora de Cena desta semana traz um adorável filme para se assistir com a família neste feriado de Páscoa. Portanto, segue a sinopse:

Cissy (Pauline Collins), Reggie (Tom Courtenay) e Wilfred (Billy Connolly) vivem em um lar para músicos aposentados. Diversas personalidades famosas, hoje aposentadas, convivem juntas, treinando seus dotes musicais e relembrando os tempos de sucesso. Todos os anos a casa realiza um concerto para recolher fundos que permitem a sobrevivência da instituição. A celebração, é claro, é feita com apresentações musicais. Porém, quando Jean (Maggie Smith), ex-esposa de Reggie, integra a casa de repouso, a harmonia do local é quebrada. Enquanto os organizadores da festa vêem na presença de Jean uma oportunidade única de refazer o famoso quarteto que interpretou Rigoletto, com Cissy, Reggie e Wilfred, a nova habitante recusa-se a cantar. As amizades e os amores de antigamente são questionados na tentativa de convencê-la.

O Quarteto, filme de Dustin Hoffman (Perfume – A História de um Assassino), é uma das produções audiovisuais mais adoráveis da atualidade. Possui um roteiro leve, gostoso de acompanhar, que faz com que o espectador seja introduzido na história da forma mais natural possível e também com que queira participar daquele encantador universo. É a mesma sensação que uma criança tem de querer ser parte do enredo de seu super-herói favorito.

A narrativa do longa-metragem não dispõe de momentos intensos e pesados em que o espectador necessite utilizar do lado mais racional do cérebro. É um filme para se deleitar e encerrar com um sorriso esbanjado no rosto. A fotografia é uma das mais belas que esta que vos fala teve a oportunidade de ver em um longa.

O Quarteto conta com a excelente direção cinematográfica de Dustin Hoffman, que o conduz como um maestro a conduzir sua orquestra, o que só agrega mais valor à localização escolhida para a gravação. A direção de arte também faz o seu impecável trabalho. É como assistir a uma riqueza do reino britânico. 

Se já não bastasse todo esse trabalho artesanal muito bem produzido para a construção do longa-metragem, temos a presença de excelentes atores que só o tornam ainda mais valorizado. O querido Michael Gambon (Harry Potter) faz sua presença e nos diverte bastante no papel do típico diretor estressado, Cedric Livingston.

O quarteto é formado por Billy Connolly (O Hobbit), que vive Wilf Bond, cuja censura não faz mais parte de sua vida, Pauline Collins (Um Canto de Esperança) interpreta Cissy Robson, uma senhorinha fofa cuja memória já não está tão boa assim, Tom Courtenay (Whatever Happened to Harold Smith?) é Reginald Paget. E claro, por último, mas não menos importante, somos agraciados com a presença de Maggie Smith no elenco dando vida à Jean Horton, uma famosa cantora de ópera que há muito se “aposentou”.

Com todos esses elementos, não resta dúvidas de que o resultado só poderia ser bom. O Quarteto contém, além destes, um excelente grupo de artistas que maravilham a todos que assistem. Possui uma história agradabilíssima e de uma leveza sem precedentes. O público é presenteado com cenas divertidas de arrancar boas risadas. Vale muito a pena aproveitar o clima familiar de Páscoa, juntar toda família na sala e assistir enquanto delicia do bom e velho chocolate.


Espero que tenham gostado. Até a próxima!
That’s all folks!

Auguri di Buona Pasqua!
O Quarteto 3515166002258038298

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item