loggado
Carregando...

[Review] Arrow 3x22 - This is Your Sword

Tell Akio I love him .


Tell Akio I love him.

Esse foi um daqueles episódios que pareceu durar muito mais do que uma hora, com muita coisa acontecendo em muito pouco tempo. Ficou a impressão de que foi um especial de duas horas. Ação e drama se misturaram em todos os momentos e acabaram criando um prólogo fantástico para o episódio final.

This is Your Sword começa do jeito certo, trabalhando sobre as pontas do anterior para mostrar que a situação em que os personagens se encontram é ainda mais complexa do que parece. Laurel e Diggle protegendo Starling City foi interessante de ver, mas o melhor foi a reação do amigo de Oliver no fim da luta. Mesmo sendo tudo um teatro por parte do Arqueiro (coisa que nesse ponto do episódio eles ainda não sabiam), a raiva de John é completamente justificada. Mais para a frente quando ele vai conversar com Al Sah-Him, é bom ver que mesmo quando ele descobre que se tratava de algo armado a raiva dele não diminui. Isso vai ter consequências agora no último episódio quando terão que trabalhar juntos para salvar a cidade.

Outro relacionamento que se alterou muito foi entre Thea e Roy. Eu realmente achei que ela fosse conseguir levá-lo de volta para Starling, mas parece que teremos que esperar mais um pouco para a volta do Arsenal na série. Mas antes de ir para o resto do episódio eu preciso insistir em algo: aonde estão os efeitos do Poço de Lázaro na Thea? Talvez deixem isso para a próxima temporada, mas estou começando a achar que isso não será explorado.

A ida dos amigos de Oliver para impedir a arma química foi, com certeza, um dos pontos altos do episódio. O confronto foi bem interessante e, apesar do momento em que a Felicity achou que tinha derrotado alguém ter sido bem divertido, todo o resto do confronto foi bem sério, em especial o combate entre a Katana e seu ex-marido. Eu ainda queria acreditar que eles ficariam juntos, mas como isso não aconteceu foi bem interessante ver um confronto final entre eles. Era óbvio que ela ganharia, mas mesmo assim a cena em que ela abraça o corpo morto do Maseo foi bem emocionante.

A presença do Ray nesse momento do episódio também foi muito boa, e apesar de no fundo eu não gostar do fato de que o Átomo parece mais com o Homem de Ferro do que com o personagem dos quadrinhos, acredito que o personagem ainda tem espaço para crescer, uma vez que ele já é muito bom. Claro que por achar ele interessante fiquei preocupado com a cena em que ele passou a empresa para Felicity. Será que ele vai sair da série por um tempo? Provavelmente isso só será respondido nos minutos finais do próximo episódio ou na próxima temporada. Mas espero que, caso ele saia, não seja algo permanente.

Além de tudo isso acontecendo, nós ainda ficamos sabendo um pouco sobre a mãe de Nyssa. E tenho que admitir que gostei muito do fato de que até o último momento a amiga da Laurel tentou escapar da situação sem jamais se resignar. Também gostei bastante dos flashbacks, e digo isso por dois motivos: finalmente tivemos a cena emocionante com a morte do filho da Tatsu e porque parece que o último episódio será frenético até nos flashbacks.

E chegou a hora da verdade. Esse episódio marcou o fim de uma reta final bem sólida para a série, trazendo elementos de ação e drama na medida certa para deixar todos felizes. Até agora, Arrow nunca decepcionou em seus finais de temporada. Vamos torcer para que continue assim.

Reviews 3650079423502773676

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item