loggado
Carregando...

[Review] Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. 2x18/19 - The Frenemy of My Enemy/The Dirty Half Dozen

" IT'S TIME TO BRING THE AVENGERS " - COULSON, Rei


"IT'S TIME TO BRING THE AVENGERS" - COULSON, Rei

Esse é um ótimo momento para os fãs da Marvel nos quadrinhos, cinemas e TV. É realmente impressionante a forma como as histórias conseguem conversar entre si e como o prelúdio de algo é contado através de um outro produto de uma diferente mídia deixando todo esse universo interligado, coeso e fazendo com que nós que consumimos tudo isso surtemos. Foi exatamente isso que ocorreu comigo após assistir aos últimos dois episódios de Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. e ao tão aguardado Vingadores: Era de Ultron. Os episódios serviram como um prelúdio perfeito para a história do filme e dissecaremos os dois aqui nesta review dupla.

2x18 - The Frenemy of My Enemy



Divididos e desesperados, tanto Coulson quanto Skye tiveram que fazer conexões desconfortáveis nesse ótimo décimo oitavo episódio da primorosa segunda temporada de Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D.. Inicialmente acompanhamos o resgate de Fitz e da caixa de Nick Fury por Coulson e Hunter para voarem rumo a uma reunião amistosa sqn com dois improváveis aliados: Ward e Kara, a.k.a. Agente 33. O objetivo seria encontrar novas cabeças da H.Y.D.R.A., Baron von Strucker e Dr. List. Ambos os homens têm feito experiências em pessoas com "poderes", e Coulson teme que eles poderiam estar com Skye. Ward parece aceitar a oferta de Coulson de ter sua memória apagada no protocolo T.A.H.I.T.I. e poder ir embora em liberdade caso os leve até Strucker e companhia.

Dito isto, ninguém está realmente feliz com essa aliança. Fitz só pensa em socar Ward (eu também. Bate aqui, Fitz), Coulson só quer fazer Ward confiar nele, e Ward e Kara estão usando Coulson para chegar ao seu próprio fim de jogo. Entretanto, os dois entregam Bakshi, que após a lavagem cerebral de Ward está "mais do que feliz em obedecer". Para evitar uma possível e provável traição do ex-agente da H.Y.D.R.A., Coulson envia Mike por segurança para vigiá-lo.


Enquanto isso vemos Skye discutindo com Jaying sobre não deixar Cal abandonado. A moça insiste e acaba convencendo a mãe a deixá-la retornar com Cal com o objetivo de explicá-lo o porquê dele ter que ficar longe. Mas as coisas acabam não dando certo e Skye consegue ligar para May pedindo que ela mande uma equipe para conter Cal caso ele se descontrole com as notícias não tão bem-vindas.

E é exatamente o que acontece, ainda mais depois de Lincoln aparecer a mando de Jaying com o objetivo de proteger Skye. Cal e Lincoln lutam, e Mike acaba entrando na luta por acaso, visto que a equipe da H.Y.D.R.A. está invadindo o prédio em que eles estão. Com Mike na luta, a equipe de Coulson consegue ter um vislumbre de Skye no meio de toda a confusão, o que nos proporcionou um dos melhores momentos do episódio. Esse episódio foi bastante agitado, muitas cenas de confronto entre os personagens e finalmente marcou o reencontro tão esperado de Skye e Coulson e Ward, mas esse a gente ignora. Fiquei um pouco irritado com a forma que ocorreu, apenas um vislumbre no meio do caos, mas valeu para dar o tom para o próximo.

Por fim, o cenário era caótico: com Ethan e Mike capturados pela H.Y.D.R.A., Skye e Cal novamente transportados para Afterlife, May e Simmons em conflito, após ela ter contado a Gonzales que a caixa verdadeira de Fury fora levada por Fitz; e Coulson sendo levado para a base da Nova S.H.I.E.L.D. para falar com Gonzales. Apesar de ter sido ótimo, o episódio teve algumas falhas, mas serviu para abrir caminho para a perfeição que foi o seguinte.



2x19 - The Dirty Half Dozen



Amigos, que episódio! Obviamente minhas expectativas estavam lá em cima por se tratar de mais um crossover com o mundo cinematográfico da Marvel, mas eu não esperava que os acontecimentos iriam superar o que eu estava esperando. Se existia qualquer dúvida em relação ao desenvolvimento dos personagens e à maturidade de MAoS, The Dirty Half Dozen acabou com todos eles. Foi realmente impressionante o trabalho dos roteiristas e a evolução feita em todos os personagens da série, de modo que faz com que esta segunda temporada supere e muito a anterior.

Começamos o episódio com o caos instaurado: Mike e Ethan foram capturados pela H.Y.D.R.A., Skye e Cal de volta à Afterlife e Coulson na base da Nova S.H.I.E.L.D. tentando convencer a Gonzales que eles necessitam unir forças para lutar contra o real inimigo. Eu tenho muita preguiça do Gonzales, que só serve para reclamar e fazer cara feia durante o episódio. Até a espécie de votação para aprovar a missão da S.H.I.E.L.D. do pop (que obviamente é a equipe de Coulson, nesse caso com a adesão de Ward) é chata e só valeu pelo momento Coulson-May, quando verdades foram jogadas na roda e finalmente pudemos entender um pouco de o porquê das atitudes de May nos últimos episódios. Mas o que importa mesmo é que com o aval da agente pudemos ver o #TeamCoulson montado e pronto para a ação... Bem, quase, pois ainda tivemos a adesão de Jemma, sedenta por vingança contra Ward, e a rainha inumana do pop Skye, que convenceu Jaying que precisava voltar para salvar Ethan das mãos da H.Y.D.R.A.

*_*
<3<3<3
Ward começa a dar à equipe um resumo sobre Bakshi e a base de H.Y.D.R.A., mas interrompe sua fala para fazer um discurso bizarro sobre como, literalmente, nada que ele fez foi culpa dele e que ele não se arrepende de nada, a não ser de ter matado a confiança do time e da equipe que ele fazia parte e chamava de família. Se esse discurso serviu pra algo foi para renovar as ondas de ódio no meu coração pelo personagem, pois fiquei exatamente igual a Fitz, Simmons, Jemma e Skye: enojado por tudo o que ele dizia.

mimimimimi
Nós também
#TeamFitz
Jemma <3
May Rainha
Após essa sessão de mea-culpa sqn de Ward, Coulson estabelece as missões:
1) Coulson, Fitz, e May vão desmantelar a segurança para as bombas da S.H.I.E.L.D.;
2) Skye, Simmons e Ward irão resgatar Mike e Lincoln.

Por falar em Lincoln e Mike, as coisas não estão fáceis para os dois. Ambos foram cortados, testados e alterados pelos testes bizarros da H.Y.D.R.A.. E quando a equipe de Coulson chega à base da organização para salvá-los a coisa está bem feia. Sobre a invasão do grupo, destaque para os efeitos especiais na cena em que o jato é alvejado pelos mísseis da H.Y.D.R.A. e para a sequência de luta de Skye (que foi gravada em take único) mostrando que a moça tem potencial para, quem sabe no futuro, migrar para o universo cinematográfico. #SkyeEmInumanos.


















Outro ponto alto (esse episódio só foi feito de pontos altos, não reparem) foi a cena de Jemma, que nos representa e vai emboscar Ward com uma bomba Splinter como tinha planejado. Infelizmente não deu certo e o calhorda foi salvo por Bakshi, que se sacrificou por ele. Desarmada, sem remorso e sozinha, ela fica cara a cara com o homem que tentou destruir sua vida - e quase conseguiu. Ward aponta sua arma para o rosto dela, e ela mal se encolhe.

"Vá em frente", ela cospe. 
"Acabe com isso, seu monstro."

Ward apenas suspira. "Vocês realmente mudaram, Simmons", diz ele como se ele fosse alguma autoridade moral sobre qualquer coisa. "Estou decepcionado com você" e vai embora, deixando uma Simmons aliviada, porém irritada por não ter conseguido cumprir o objetivo de exterminar esse bosta da face da terra.

Finalmente a equipe consegue salvar Lincoln e Mike, além de Coulson ter conseguido colher muitas informações sobre a H.Y.D.R.A.. Ward foge (quem poderia prever?), mas deixa Kara com a equipe da S.H.I.E.L.D. dizendo que ela merece perdão por ter sido jogada nisso tudo. Duvido muito que algum dia alguém confie nela, ainda mais sabendo de sua paixão por Ward, o que pode torná-la uma traidora a qualquer momento. Além disso, Gonzales está feliz da vida consigo mesmo, fazendo com que Bobbi finalmente perceba que seu objetivo desde o início era ter em seu poder, em sua nave, pessoas com poderes, principalmente Skye. Entretanto, a vitória dele não foi completa, pois o samba de Coulson a seguir foi tão inesperado e tão sensacional que Gonzales ficou sem saber o que o atingiu e me fez vibrar assistindo.

Coulson cumpre a promessa que fez a Gonzales de que se ele o ajudasse abriria a caixa de Fury para ele, mas adverte que Fury pode querê-la de volta a qualquer momento, visto que ele está vivo. Gritei com a cara do Gonzales perplexo e o Coulson sendo debochado dizendo #SpoilerAlert. Para finalizar com chave de ouro, ninguém menos que Maria Fucking Hill liga para Coulson, deixando Gonzales ainda mais humilhado do que já estava. #Adoro11

Coulson é a Mc Carol e o Gonzales é a vida
Mas acalmem-se que quando falei no início que esse episódio foi destruidor, não estava brincando. Em Afterlife vemos Raina, que aparentemente que organizar um motim contra Jaying, ter mais uma de suas visões... e adivinha o que ela viu? "Um cetro!". Ela suspira enquanto vemos Coulson compartilhar as informações roubadas na missão com Hill. "Lindo, perigoso", Raina geme. "Ele ainda não está terminado. Tanta destruição!". E ela continua: "Homens de metal irão despedaçar nossas cidades e o mundo nunca mais será o mesmo depois disso".

Eu já tava assim

Agora imaginem tudo isso permeado com cenas de Vingadores: Era de Ultron

Surtando em 3, 2, 1...

A forma como eles linkaram tudo, o cetro, a destruição, as pistas sobre o que a H.Y.D.R.A. estava fazendo com as pessoas com poderes e as citações aos irmãos Maximoff, tudo muito bem construído e conectado, coroado pela maravilhosa frase, dita por Coulson, que dá início a essas reviews:


"IT'S TIME TO BRING THE AVENGERS"


P.S. 1: O primeiro diálogo de Skye com Fitz e Simmons. <3

Skye: Não, é que não quero falar nada pessoal com Ward aqui... 

Ward: Ouvi meu nome?

Skye: Ele é tipo a Loira do Banheiro...

GRITEI

P.S. 2: Excelente a Skye chamando Raina de Sonic e dizendo que achava que o talento da moça era correr bem rápido e coletar moedas douradas.

P.S. 3: Assistam Vingadores: Era de Ultron e venham comentar aqui o que acharam dos links e easter eggs da série que surgiram no filme, que é bem legal e vale super a pena.

P.S. 4: Fiquem com o pôster do próximo episódio que, aparentemente, será focado em Jaying.

Marvel, eu te amo <3

The Avengers: Age of Ultron 780321360327004469

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item