loggado
Carregando...

[Review] The Flash 2x01/02 - The Man Who Saved Central City/Flash of Two Worlds

“ Meu nome é Jay Garrick... e de onde eu venho, eles me chamam de The Flash. ”


Meu nome é Jay Garrick... e de onde eu venho, eles me chamam de The Flash.

Ao contrário do título da série, The Flash demorou para voltar. Parece que fiquei um ano esperando para o retorno de uma das minhas séries de herói favoritas, e finalmente chegou... não me agradando tanto. Com um episódio de retorno que mais parecia um filler, Barry voltou sem fôlego, repetindo uma fórmula bem conhecida pra quem assiste Arrow.

Iniciando o episódio seis meses após o final da Season 1, a série voltou com um Barry brincando de Oliver Queen triste e frio, uma equipe desfalcada no STAR Labs e pouca informação a respeito do que estava acontecendo. A explicação sobre o buraco de minhoca veio em um flashback muito rápido, só para nos informar que Ronnie, mais uma vez, morreu.

O vilão desses episódios também foram bem fracos. Mesmo não sabendo, inicialmente, de onde vinham esses novos meta-humanos, o Esmaga Átomo e o Demônio da Areia se mostraram bem fracos. No segundo episódio entendemos que eles não têm grandes pretensões além de matar Barry, mas ainda assim, não gostei muito de como apareceram na série.

Antes de entrar de fato na análise do que é a Terra-2 e o Professor Zoom, é necessário comentar sobre Henry Allen. Em uma cena linda, na qual ele sai da cadeia e finalmente está livre, os produtores vão lá E TIRAM ELE DA SÉRIE! Achei desnecessário fazer aquilo, mesmo tendo libertado o pai do Barry para o “senso de justiça” aparecer, não gostei que Henry vai sumir assim. Espero mais pontas dele nesta temporada para me fazer o Barry chorar.

Deixei para comentar esses episódios em um texto único devido ao final do primeiro. Simplesmente terminar com um tal de Jay Garrick aparecendo, sem poder comentar mais sobre o personagem, era uma ideia que não ia ficar legal nessa review, então deixei para falar sobre um dos outros Flashes de uma vez só.

A introdução de um personagem tão forte quando Jay só enriquece a mitologia da série. A maneira como ele foi introduzido e a explicação sobre o Multiverso foi bastante didática, e temos que sempre agradecer o Dr. Stein por facilitar as pessoas a entenderem a complexidade das histórias do Flash. Apesar de ser mais fácil do que entender a viagem maluca no tempo, mostrar logo de cara as diferentes Terras, com seus vilões e heróis, é uma ideia arriscada e ao mesmo tempo muito boa da série. Como já foi dito, Jay Garrick é a versão Terra-2 do Flash. Apesar de uma diferença estranha na origem dos poderes, mostrar que Barry e Jay ficaram em coma após um acidente no laboratório mostra como o Multiverso é cheio de coisas parecidas e também muito opostas.

Gostei do Barry não ter comprado a ideia de Jay logo de cara, seria muito estranho ele simplesmente confiar em algum cientista que apareceu na sua vida, ainda mais se ele alega ter super velocidade. O ponto alto deste episódio foram todas as referências. Desde a recriação de capas de revistas em quadrinhos até novos personagens da Terra-2, Flash of Two Worlds foi um prato cheio para matar do coração qualquer fã do Velocista Escarlate ou do Cometa Carmesim. Por fim, temos Patty Spivot, uma personagem clássica dos quadrinhos do Flash e companheira de laboratório de Barry. Foi divertido vê-la em tela, e a ideia de adaptar o arco dos Novos 52 no qual Barry namora Patty parece interessante, desde que não criem em cima disso um drama desnecessário daqueles que a CW adora.  Estou ansioso por ver mais da personagem na série!

Em geral, The Flash voltou com uma premissa bastante interessante, mas com um desenvolvimento morno, um pouco mais focado no lado emo do Barry, o que não combina com o tom da série. Espero que isso mude logo, pois como disse Stein, “pra frente”. Que venham mais meta-humanos, mais Terra-2, os poderes do Jay Garrick, Professor Zoom... e, quem sabe, até mais de Harrison Wells neste papel, né?

P.S.: Cisco sentindo essas “Vibrações” só fazem meu amor pelo personagem crescer. Que venham bons usos desse poder em breve!

The Flash 3575808828167147248

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item