loggado
Carregando...

[Review] Marvel's Agents of S.H.I.E.L.D. 3x03 - A Wanted (Inhu)man

Run .


Run.

Esse foi um episódio bem interessante de S.H.I.E.L.D.. Primeiramente porque tivemos a evolução da história nas óticas de três núcleos distintos: Coulson, Skye e Mac envolvidos na busca por Lincoln, que está sendo perseguido pelo Governo; Fitz, Bobbi e Simmons, que está tendo dificuldades de adaptação agora que retornou para a terra; e May e Hunter que precisaram entrar para o clube da luta para alcançar Ward e a H.Y.D.R.A..

Começando pelo arco envolvendo Hunter e May, confesso que gostei bastante da interação entre os dois, principalmente pelas sacadas e piadas internas, como o fato do quão estranho seria uma asiática minúscula como a May dar cabo dos capangas no clube da luta. 

Hunter, como sempre, se destacou bastante na luta com o até então "amigo", e gostei muito das manobras que ele utilizou para vencer o embate - mesmo que no fim o resultado tenha sido um pouco trágico - mas May mostrou que é rainha mesmo e nos presenteou com sua cena dando fim nos três capangas com uma chave de chavraska maravilhosa.

RAINHA
ASIÁTICA
MESMO

Honestamente não sei o que esperar dessa história, até porque duvido que Ward não reconheça Hunter. Mas não subestimarei os roteiristas, pois nessa série tudo pode acontecer; nos resta aguardar.

Em relação a Simmons e seu resgate por Fitz e o resto da equipe, a história se desenvolveu de forma bem linear, como era esperado: Acompanhamos uma Jemma fragilizada, visivelmente em choque com tudo o que lhe ocorreu, e Fitz, Bobbi e Daisy tentando fazer com que ela se comunique e se sinta a vontade novamente em seu habitat natural - o laboratório. Aliás, acompanhamos como coisas simples como um toque de telefone, a alternância dos frascos de solução no laboratório e até mesmo a fala a incomodam muito, pois como Fitz explicou bem, todo o seu organismo se acostumou a uma frequência bastante distinta a da terra.

Fiquei triste pelo estado em que nossa cientista favorita se encontra, principalmente após o jantar fofo que o Fitz fez e ela não conseguiu aproveitar. Deve ser bem difícil para ela, até por que foram meses sozinha sendo perseguida, com a sensação de medo constante. Entretanto, todo esse cenário deixa ainda mais confusa a decisão de Simmons ao fim do episódio, onde revela para Bobbi que ela precisa voltar ao outro planeta. O que será que aconteceu por lá? Por que Jemma precisa retornar? Será que existem respostas sobre as questões dos inumanos que estão nesse outro planeta?

Por fim, precisamos falar sobre Lincoln. Sem dúvidas, ele foi o grande protagonista do episódio. O personagem provavelmente teve o pior dia da sua vida: ele se viu sozinho, sem amigos, sendo perseguido pela e ATCU e S.H.I.E.L.D., que tinha implantado um localizador no braço do rapaz sem autorização, o que somado a atitude totalmente falsiane, apesar de justificável, visto que Daisy estava na mira do ATCU também, de Coulson ajudou a quebrar totalmente a confiança do rapaz na S.H.I.E.L.D.. Pelo menos conseguimos entender um pouco mais sobre essa nova organização criada pela Casa Branca para caçar os inumanos. Coulson passou boa parte do episódio conversando com a responsável pelo ATCU. Senti uma certa tensão entre os dois e apesar dela me irritar muito com sua cara de nojo fixa - sério é insuportável - creio que teremos momentos interessantes vindo desses dois.

Em resumo, foi um episódio mais tranquilo que os anteriores, apesar de ter nos ajudado a situar bem como se encontra a situação dos inumanos no mundo real e, principalmente, o quanto será difícil a aceitação deles pelo grande público. Além disso, tivemos uma boa evolução na infiltração de Hunter e May na H.Y.D.R.A., bem como sabemos o que Simmons planeja para seu futuro. Só nos resta torcer e confiar para que os roteiristas permaneçam com esse fôlego ótimo e que as histórias continuem evoluindo de forma consistente.

Séries 3687848997972355402

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item