loggado
Carregando...

[Review] The Flash 2x03/04 - Family of Rogues/The Fury of Firestorm


Depois de um começo morno para a temporada, The Flash continua com um episódio filler e outro episódio bastante importante para a trama. Enquanto o terceiro acrescenta nada para a história, sendo maçante e desnecessário, o quarto já mostra uma explosão (literalmente) de novidades para o time do S.T.A.R. Labs e para o futuro do Flash. Nos quatro episódios já exibidos, vemos que The Flash está oscilando bastante nesta temporada, e torço para que isso não continue se repetindo.


2x03 - Family of Rogues


Acredito que esse tenha sido um dos episódios mais chatos da série até o momento. O roteiro foi pobre, as cenas foram muito desnecessárias e algo assim no início da temporada é bastante problemático. Como trama principal, temos Lisa pedindo ajuda do Team Flash para salvar seu irmão, Capitão Frio, que foi sequestrado. Logo em seguida já descobrimos que ele está sendo forçado a  trabalhar com seu pai em alguns roubos. O episódio nem deu tempo para os fãs ficarem “preocupados” com o vilão e já mostrou que Lisa estava enganada. Foram basicamente 30 minutos focando em conversas do Barry com o Leonard, reafirmando mais uma vez a “rivalidade distorcida” dos dois, algo que já foi bastante explorado na temporada passada.

Quando o pessoal do S.T.A.R. Labs descobre que existe uma bomba na cabeça de Lisa, e é isso que força Leonard a trabalhar com o pai, Barry se infiltra na equipe deles para tentar impedir que o pai deles exploda a bomba. Simples, rápido e bastante clichê, a trama principal desse episódio foi chata. Tudo se resolveu de forma simples, esperada e pouco surpreendente.

O ponto alto do episódio foi, sem dúvida, o Joe contando para Iris que sua mãe estava viva e queria conhecê-la. Aquela cena foi muito tocante e me fez sentir um carinho inesperado por Iris. A personagem está bem melhor nesta temporada do que na anterior, e espero que continue assim. Vê-la confiante tanto como jornalista como membro do Team Flash trouxe um ar diferente para a personagem, que era bastante chata no primeiro ano.

No geral, esse episódio valeu pelos detalhes. Pelas conversas entre Barry e Patty, por Cisco e Lisa e pelas breves aparições do Jay. Ainda assim, não foi o suficiente para me manter preso e interessando em sua trama. A amizade entre Capitão Frio e o Flash já passou da hora de terminar, e aguardo ansioso pelo enfrentamento dos dois.



2x04 - The Fury of Firestorm



Depois do péssimo episódio anterior, a The CW nos apresenta uma mudança bastante significativa no futuro de The Flash, Legends of Tomorrow, e até talvez em Arrow, já que os crossovers nunca acabam. Aceitar que o Ronnie morreu é importante, já cansamos de vê-lo voltar e sumir, e a Caitlin com certeza não merece isso, muito menos nós. Focar na necessidade do Dr. Stein de se fundir com sua outra metade foi algo interessante não só para trazer de volta um clima legal pra série, mas também pra explorar um outro lado dos quadrinhos, o que a The CW está fazendo bem neste ano. Já tivemos a apresentação da Terra-2, então por que não mostrarmos que um herói pode pegar o manto de outro? Algo tão comum nos quadrinhos veio de maneira bem natural ao seriado com a apresentação de Jax, o segundo Nuclear.

A trama principal de resolver o problema do Dr. Stein foi muito bem executada, e não só trouxe o Nuclear de volta para a série como também apresentou um novo vilão pouco conhecido dos quadrinhos. Gostei muito da maneira como Jax relutou para aceitar ser parte do Projeto Nuclear, e principalmente na luta dele e Barry contra Hewitt. Interessante a maneira como o vilão foi introduzido, e a disputa para ser o novo Nuclear tomou forma. Foi resolvida de maneira simples, mas eficiente.

O ponto alto deste episódio, além do retorno do herói responsável por salvar Central City do buraco de minhoca, foi a menção inicial a um homem-tubarão pela cidade. Não estava esperando que isso fosse se desenvolver tão cedo, e ver o King Shark muito bem feito no episódio foi o que me deixou mais animado. Eu já estava satisfeito  com o CGI utilizado no Grodd, mas o canal realmente se superou no King Shark, visto que é muito complexo trazer esse vilão com pouco orçamento. Palmas para a The CW na execução. Espero ver mais dele ao longo desta temporada, vai ser bastante divertido.

Outro ponto que não posso deixar de comentar é o retorno de Harrison Wells. Ele já tinha se mostrado nos episódios anteriores, mas somente agora seu retorno foi algo explorado. Imagino que não tenha nenhuma ligação com o Flash Reverso, mas assistir a maneira como o Team Flash vai lidar com a presença dele parece algo empolgante.

The Fury of Firestorm conseguiu ser um episódio empolgante, coisa que estava faltando até o momento. Espero que esses novos (e antigos) personagens consigam trazer o clima da série na temporada passada!

P.S.: Já tô pronto pro irmão da Iris, pode vir Wally!

The Flash 5406423310943629152

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item