loggado
Carregando...

[Review] The Flash 2x05/06/07 - The Darkness and The Light/Enter Zoom/Gorilla Warfare

“ Vamos chamá-lo de Harry. ”


Vamos chamá-lo de Harry.

The Flash, que começou sua temporada bem morna, veio provar nos últimos episódios que a série só vai manter seu nível. Os episódios desse ultimo mês mostram uma ligação bem forte da trama principal com o desenvolvimento do Universo DC das séries, além de bombardear os fãs de quadrinhos com referências e explodir a cabeça de todos que acompanham a série. Do retorno de Harrison Wells até os efeitos especiais do Grodd, The Flash está enchendo meu olhos todas as semanas.


2x05 - The Darkness and The Light


Um episódio importante, que deu um grande passo no enredo da história. Harrison Wells está de volta e não se importa nem um pouco com a má vontade de todos ao seu redor. A equipe do STAR Labs até que lidou muito bem com a aparição da versão Terra-2 do homem que destruiu a vida de todos ali, e fico feliz que não enrolaram muito nessa questão. Ele voltou pra ajudar, pelo menos até onde sabemos, na derrota de Zoom, que se torna uma ameaça cada vez mais forte e inatingível para o Team Flash. A cena em que mostra Wells na Terra-2 não serviu de muito além de introduzir o Apple Watch Relógio Detector de Meta-humanos e mostrar que já existia uma inimizade entre Wells e Garrick no universo paralelo.

O ponto forte desse episódio foi o foco dado à "Linda Park-2", conhecida no Lado B como Doutora Luz. Aqui temos uma mudança bem significativa, visto que nas HQ's trata-se de um homem e não uma mulher. A mudança é interessante não só pra mostrar que a série não esqueceu um personagem importante da temporada passada, como pra dar um ar novo aos já conhecidos vilões da DC. Linda foi trazida como uma vilã para derrotar o Flash a mando de Zoom, como outros que já vieram, e acredito que muitos virão (pelo amor, fechem logo essas fendas e parem de inventar desculpas pra vilão semanal!).  A batalha entre Flash e Doutora Luz não teve nada de excepcional, servindo apenas como uma desculpa para ação, e a vilã se mostrou interessante na maneira como atuava. Não sendo uma assassina, ela só queria fugir de Zoom, mas pra isso pagaria um preço bem alto, e tentou matar Linda para assumir seu lugar. Foi bacana ver uma vilã tão humanizada, e é o que me atrai bastante em The Flash.

Outro momento marcante foi o encontro entre Barry e Patty. Por estar cego temporariamente, a cena foi extremamente divertida e me pareceu bastante natural. Estou adorando a Patty, ela possui um carisma incrível e a personagem consegue me envolver de uma forma tão sutil que é impossível não sorrir junto toda vez que ela faz isso em cena. Além disso, tivemos um momento esperado por fãs de quadrinhos desde o piloto, que foi o surgimento do Vibro. Nada me animou mais com o futuro da série quanto o sorriso no rosto do Cisco ao finalmente abraçar seus poderes e aceitar o que virá a ser seu nome de herói. Agora tá na hora de desenvolver melhor essas habilidades e colocar o Cisco pra bater em meta-humano também.

P.S.1: Adeus Jay, volta logo.

P.S.2: Kendra Saunders, vem!!! Vem Mulher-Gavião!



2x06 - Enter Zoom


Eu dei uns pegas no Flash!!!

Não sei o que dizer sobre esse episódio, talvez porque ele tenha sido um dos melhores episódios da série até o momento. Enter Zoom dividiu seu tempo perfeitamente entre comédia, drama, ação e desespero, traumatizando todo mundo que assiste.

Continuando a história da Doutora Luz, temos Linda-1 se disfarçando de Linda-2 para tentar atrair Zoom para nosso universo, onde ele seria capturado. Já começamos com essa ideia terrível. Jay e Wells, claramente inimigos, já falaram que Zoom é um vilão além da compreensão humana, impossível de ser parado. Aí o Barry tem a brilhante ideia de usar a cópia da Doutora Luz numa cena ridícula de tão mal feita (intencionalmente, até porque mesmo o Cisco concorda que aquele diálogo foi ridículo) para tentar trair o cara que destruiu um universo inteiro, pra ser parado por uma arma com um soro que tira a velocidade. Sério? Esse plano não me convenceu, mas foi divertida a execução.

A primeira metade do episódio basicamente foca em Linda e seu treinamento para ser uma Doutora Luz digna de enganar o Professor Zoom. O treinamento foi hilário, e já preciso saber onde posso comprar um Cisco de Papelão pra colocar na minha casa. Tirando isso, o episódio brilha mesmo pelos seus 10 minutos finais. Obviamente Zoom não cai naquele plano estúpido, mas isso não significou que ele deixaria as coisas por isso mesmo.

A luta entre Barry e Zoom e o seu desfecho é uma coisa da qual não consigo comentar. A CW deu um show de efeitos, roteiro e fotografia para todo o estrago que Zoom conseguiu causar. Acho que é a primeira adaptação de quadrinhos, seja em cinema ou tv, em que o vilão realmente chega a causar arrepios. O visual completo, a atitude e os poderes de Zoom são uma coisa de encher os olhos, e me fizeram sofrer junto com o pessoal que vai ter que enfrenta-lo ao longo dessa temporada. Se Barry precisou de no mínimo mais dois heróis para parar o Flash Reverso, é melhor que introduzam logo a Liga da Justiça, porque eu não vejo uma saída para derrotarem o Zoom. A adaptação ficou incrível, e eu tiro muito o chapéu pra produção e para os atores da série, que brilharam demais na sequência final do episódio.

Sobre um episódio de quarenta minutos, parece pouco comentar apenas sobre os 10 minutos finais, mas a cena foi tão incrível que o episódio todo parece bobo e se perde em meio à primeira demonstração de poder do vilão principal da temporada. Sem poderes, sem poder andar, Barry destruído foi uma maneira incrível de encerrar o episódio, mostrando que Eobard Thawne não é nada comparado ao velocista da Terra-2! Zoom, volta que eu quero mais cenas como essa na série!

P.S.: A filha do Wells é a Jesse Quick? Será que ela também tem super-velocidade? Seria interessante!



2x07 - Gorilla Warfare


Precisa repetir Grodd!

Acho que posso definir esse episódio como o mais divertido da temporada. Eu estava muito ansioso para o retorno do Grodd, e não foi nem um pouco decepcionante, principalmente pelo caminhão de referências que foram jogadas na nossa cara ao longo dos 40 minutos do episódio. Com Barry ainda lutando para andar e conseguir seus poderes de volta, foi interessante ver Cisco e Caitlin tendo um foco mais ativo no combate aos metahumanos de Central City, ao invés de ficarem atrás de um computador na maior parte do tempo.

Tendo como trama principal o sequestro de Caitlin e o que Grodd queria com ela, a história mostrou-se bastante coesa e foi muito bem executada. Os efeitos especiais de Grodd foram simplesmente fantásticos, passando uma realidade que eu não esperava ver por parte da CW. A história de Grodd como um vilão ainda caminha devagar, mas é muito bom vê-lo desenvolvendo não só os poderes, como a mentalidade de um gorila que quer destruir o Team Flash. O sentimento de traição e vingança com cada um dos membros da equipe foi bem construído, e mal posso esperar pela próxima aparição de Grodd em Central City. 

Além disso, a cena final que mostra a Cidade Gorila quase me causou um infarto, foi completamente inesperado, uma vez que eu não esperava que seria utilizada pelas próximas duas temporadas no mínimo!

Afastando-se da trama principal, tivemos também o desenvolvimento do relacionamento de Cisco com Kendra. As vibrações dele a vendo como Mulher-Gavião foram bem legais, não só por incluir essa ideia na série, como também para preparar terreno para o episódio crossover com Arrow e para Legends of Tomorrow. A única coisa que me deixa triste é saber que ela é destinada a outro homem, porque está bem legal ver esse novo lado do Cisco.

No geral, o episódio foi muito bom em todos os aspectos, e acho que não tenho críticas a fazer a respeito dele. Por mais filler que possa ter parecido, a introdução de novas ameaças, locais e heróis é algo necessário para a série, e foi feito de uma maneira excelente nesse episódio.

P.S.: Agora o Flash finalmente vai ter um anel com a sua roupa? Eu estava esperando muito por isso!

The Flash 961276422396465773

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item