loggado
Carregando...

[Fora de Cena] Star Wars - Trilogia Clássica


Há muito tempo, em uma galáxia muito distante, começava uma das maiores sagas cinematográficas do cinema: Star Wars. Conhecida no Brasil como Guerra nas Estrelas, a franquia que estreou em 1977 como um filme de orçamento médio, e com poucas pretensões, se tornou extremamente popular, além de um marco no cinema hollywoodiano ao ser um dos primeiros filmes blockbuster. A coluna Fora de Cena de hoje vem falar dos três primeiros filmes da saga, lançados entre 1977 e 1983 e responsáveis por transformar em ícones da cultura pop personagens como Darth Vader, Luke Skywalker, Mestre Yoda entre tantos outros.


Star Wars - Episódio IV: Uma Nova Esperança (1977)


Alec Guinness (esquerda) e o jovem George Lucas (direita)
no set de Star Wars
Escrito e dirigido por George Lucas, o primeiro filme da cinessérie introduz para o público a guerra civil travada entre o Império Galáctico e a Aliança Rebelde. Na história, a Princesa Leia, uma das líderes da Aliança, consegue roubar os projetos da Estrela da Morte - estação espacial capaz de destruir um planeta inteiro -, porém é perseguida por Darth Vader, um ser meio homem, meio máquina. Essa perseguição acaba envolvendo Luke Skywalker, um jovem fazendeiro que sonha em ser piloto, mas se vê diretamente entrando no conflito. Com ajuda de seu mentor, Ben Kenobi, Luke viaja pelo espaço para salvar a Princesa Leia, mantida refém por Darth Vader. Na história ainda conhecemos a dupla de contrabandistas Han Solo e Chewbacca, que auxiliam Luke em sua missão de resgate.

Nunca mais reclame de fila no cinema
Star Wars era impressionante para sua época. Os efeitos do filme de 1977 obviamente estão ultrapassados há muito tempo, porém batalhas no espaço e sabres de luz eram uma grande novidade, ao menos na forma mostrada nesta obra (Star Wars estreou bem depois de outras ficções científicas famosas, como 2001 e Planeta dos Macacos). Não à toa levou milhões ao cinema e foi indicado a várias categorias no Oscar, incluindo a de melhor filme. A trilha sonora é outro fator marcante, não apenas o "hino oficial" que abre todos os filmes, mas também "Binary Sunset", tema de Luke Skywalker, e a marcha imperial, tema de Darth Vader, que daria o tom incomparável da sequência de 1980, O Império Contra-Ataca.

O elenco contava com novatos como Mark Hamill, Carrie Fischer e Harrison Ford. Dos três, apenas Ford estabeleceu uma carreira estável em Hollywood, pois além de Han Solo ele é o eterno Indiana Jones, outro personagem criado por George Lucas, em parceria com Steven Spielberg. O Mestre Jedi Obi-Wan "Ben" Kenobi foi interpretado por Sir Alec Guinness. Guinness protagoniza o primeiro duelo de sabre de luz quando enfrenta Darth Vader - interpretado por David Prowse, mas dublado por ninguém menos que James Earl Jones.


Star Wars - Episódio V: O Império Contra-Ataca (1980)


Darth Vader mostra que não está para brincadeira
Muitos têm este como o melhor filme da saga, e eu demorei a concordar com essa opinião, mas hoje também faço parte desse time. A sequência de Uma Nova Esperança é muito mais sombria que qualquer outro filme de Star Wars - talvez A Vingança dos Sith chegue perto - e possuí uma das maiores reviravoltas conhecidas. A inesquecível cena em que Darth Vader revela a Luke que é seu pai deve ser uma das mais famosas do cinema. Mas O Império Contra-Ataca não se resume a uma cena. O filme todo é uma vitória do Império, fazendo justiça ao seu nome. Temos o ataque implacável a base rebelde em Hoth, o incompleto treinamento Jedi de Luke com o Mestre Yoda e Han Solo congelado em carbonita. Darth Vader se torna ainda mais cruel, afinal decepa a mão do próprio filho.

"Faça ou não faça. Tentativa não há"
Este filme não foi dirigido por Lucas, ficou nas mãos de Irvin Kershner. O roteiro ficou a cargo de Lawrence Kasdan. É um bom sinal para quem espera por O Despertar da Força: os melhores Star Wars não foram dirigidos por George Lucas. Neste filme também somos apresentados a novos personagens que entraram para o rol dos mais famosos da série, entre eles Mestre Yoda (Frank Oz) e Lando Calrissian (Billy Dee Williams), além do caçador de recompensas, Boba Fett (Jeremy Bulloch).


Star Wars - Episódio VI: O Retorno do Jedi (1983)


Traduzindo: "É uma cilada, Bino!"

Dirigido por Richard Marquand, o final da trilogia clássica mostra o reencontro entre Darth Vader e Luke Skywalker. Finalmente o Imperador (Ian McDiarmid) aparece e tentará levar Luke para o lado sombrio. Apesar de toda essa tensão, o filme é bem mais leve que o antecessor. A presença dos Ewoks favorece bastante nesse sentido.

O duelo entre Vader e Luke em O Retorno do Jedi é o meu favorito. Muito bem dirigido, vemos em cena todo o peso de um confronto entre pai e filho. A máscara de Vader cai e nos é revelado seu lado humano. Talvez esse seja um filme pouco criativo, pois imita a si próprio trazendo uma nova Estrela da Morte a ser destruída. Entretanto,  isso não prejudica o charme dessa conclusão, ao meu ver.

Set de O Retorno do Jedi

Após este longa, Star Wars ficaria dezesseis anos longe das telonas. Nesse meio tempo, a franquia se tornou uma das mais famosas do mundo. O Universo Expandido trouxe muito mais sobre essa história, até que em 1999 estreou o Episódio I - A Ameaça Fantasma. Mas deixarei a nova trilogia para outro post. Por ora fico por aqui, mas já aproveito para dizer que em breve tem mais Star Wars aqui no LoGGado! Fique de olho!


Star Wars 4108460040970612591

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item