loggado
Carregando...

[Top 12] Séries: as melhores estreias de 2015


Chegou um daqueles nossos momentos favoritos do ano: a hora de escolher o que, para nós, foram as melhores séries estreantes. A equipe se reuniu, debateu e votou no que 2015 trouxe de melhor para a TV. Com os super-heróis dominando tudo, tem espaço também para o drama, para a comédia e até para a ficção científica. Confira nossas escolhas:


Marvel's Agent Carter
Drama, Espionagem, Ação

Canal: ABC | Estreou em: 6 de janeiro

Criado por: Tara Butters, Michele Fazekas

Elenco: Hayley Atwell, James d'Arcy, Chad Michael Murray

Dentre as diversas produções da Marvel lançadas para streaming e televisão este ano, Marvel's Agent Carter se destaca por ser uma série de época, que busca dar sequência aos eventos vistos em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011). Lançada em janeiro no canal ABC, a atração apresenta uma boa produção, e com uma protagonista que dá conta do recado. Peggy Carter mostra que é tão ou mais interessante que o próprio Capitão América. A primeira temporada, com apenas oito episódios, não perdeu o foco e lançou bases de muita coisa que vemos nos atuais filmes da Marvel. Merece um lugar nesta lista.





American Crime
Drama, Policial, Crime

Canal: ABC | Estreou em: 5 de março

Criado por: John Ridley

Elenco: Felicity Huffman, Timothy Hutton, Elvis Nolasco

Na onda das antologias, a ABC conseguiu entregar um dos mais densos e comoventes estudos sobre as relações humanas contemporâneas. Sem rodeios e com uma coragem admirável, o canal aberto mais popular dos EUA pôs o dedo na ferida da América e falou de preconceitos, vícios, solidão e abandono.

American Crime merece todo o reconhecimento pelo que representou na militância mais bilateral de 2015. No texto de John Ridley, as verdades que tentamos negar todos os dias acabaram como as verdadeiras protagonistas da série e incômodas como elas realmente são.





Unbreakable Kimmy Schmidt
Comédia

Canal: Netflix | Estreou em: 6 de março

Criado por: Robert Carlock, Tina Fey

Elenco: Ellie Kemper, Tituss Burgess, Jane Krakowski 

O que aconteceria se uma moça que passou quinze anos presa em um bunker em uma seita religiosa fosse resgatada e decidisse recomeçar sua vida em Nova York? Por mais improvável que essa sinopse seja, é exatamente disso que se trata a ótima comédia Unbreakeable Kimmy Schmidt, protagonizada pela excelente Ellie Kemper e escrita por Tina Fey.

A série é muito carismática e divertida de se assistir, principalmente por conta de sua protagonista e dos ótimos coadjuvantes Jacqueline (Jane Krakowski rainha) e Tituss (rei). Se você quer se divertir com referências à cultura pop, uma boa dose de humor nonsense e uma abertura deliciosa que gruda na cabeça, essa série é para você.





Marvel's Daredevil
Drama, Ação, Fantasia

Canal: Netflix | Estreou em: 10 de abril

Criado por: Drew Goddard

Elenco: Charlie Cox, Deborah Ann Woll, Elden Henson

Uma série que conquista até mesmo quem não é um consumidor de HQs. O principal motivo que a torna tão boa é que, ao mesmo tempo em que agrada aos antigos fãs, consegue conquistar os novos.

Com episódios sombrios e carregados de tensão, a trama de Marvel's Daredevil (ou Demolidor, no Brasil) se desenvolve muito bem nesta primeira temporada. A história de Matt, Karen e Foggy, além do modo como ela é abordada durante os episódios, resulta neste sucesso todo. Demolidor não é apenas mais uma atração sobre um super-herói, é um novo jeito de inserir o conteúdo de Histórias em Quadrinhos de uma forma brilhante e diferente.






Sense8
Drama, Ficção Científica

Canal: Netflix | Estreou em: 5 de junho

Criado por: Andy Wachowski, Lana Wachowski, J. Michael Straczynski

Elenco: Aml Ameen, Doona Bae, Jamie Clayton 

O início de uma odisseia sobre liberdade. Esta é a melhor maneira de descrever a primeira temporada de Sense8. Os céticos diriam (com certa razão) que não há força suficiente no roteiro para suportar uma série, afinal, após 13 episódios, é perceptível que apenas terminamos um grande primeiro ato.

Mas a perfeição técnica na direção - majoritariamente nas mãos dos Wachowski - e, sobretudo, na edição, que certamente merece todos os prêmios possíveis na categoria, transformam Sense8 numa grande experiência visual com potencial para se tornar uma das séries mais intrigantes no ar. E, claro, não podemos deixar de comentar a ousadia com que a saga retrata temas de suma importância nos dias de hoje - ainda que cometa algum deslize aqui e ali ao estereotipar um ou outro personagem.






Mr. Robot
Drama, Suspense

Canal: USA | Estreou em: 24 de junho

Criado por: Sam Esmail

Elenco: Rami Malek, Christian Slater, Carly Chaikin

Apesar de aparentar ser uma série desinteressante, não apenas pela cara do Rami Malek de hacker drogado em decadência, Mr. Robot é o que podemos chamar de uma das maiores surpresas deste ano, principalmente por tratar de temas polêmicos através de um sociopata bem diferente. Na série, Elliot (Malek) é um jovem programador que trabalha como engenheiro de segurança virtual durante o dia e como hacker vigilante durante a noite. Motivado pelas suas crenças pessoais, ele luta para resistir à chance de destruir os CEOs da multinacional que ele acredita estarem controlando - e destruindo - o mundo.

O protagonista poderia até ser comparado com o Dr. House, não fosse seu alter ego assumindo uma personalidade paternal bastante descolada. O fator da direção de arte também contagia, pois vamos de um sépia de apartamento bagunçado para um branco empresarial muito rápido. Combinando os fatores história + técnica de maneira brilhante, Mr. Robot merece estar, com certeza, no rol de melhores do ano.





Narcos
Drama, Policial, Biografia

Canal: Netflix | Estreou em: 28 de agosto

Criado por: Chris Brancato, Eric Newman

Elenco: Wagner Moura, Pedro Pascal, Boyd Holbrook

Netflix + Wagner Moura + José Padilha + história baseada em fatos reais. Motivos para assistir todos os episódios sem parar não faltam. Só que depois da maratona, a lista aumenta. Pablo Escobar (Moura) é um personagem complexo que vale muitos outros episódios (segunda temporada is coming).

Para os fãs de Game of Thrones tem Pedro Pascal (como o policial Javier Pena) para matar a saudade em excelente atuação. Ritmo, narrativa envolvente e para quem quer ir além, a série colombiana El Patrón del Mal (focada na vida inteira de Escobar) também está disponível na Netflix.





Blindspot
Drama, Suspense, Ação

Canal: NBC | Estreou em: 21 de setembro

Criado por: Martin Gero

Elenco: Jaimie Alexander, Sullivan Stapleton, Audrey Esparza

Blindspot já começa com uma premissa bastante diferente do que estamos habituados a assistir e, ao longo dos episódios, percebemos que realmente vale a pena acompanhar a história de Jane Doe (Jaimie Alexander), uma moça completamente sem memória e com o corpo coberto de tatuagens recentes. Uma dessas tatuagens é o nome do agente do FBI Kurt Weller (Sullivan Stapleton), que agora passa a se ver envolvido em uma conspiração. Assim, Weller é obrigado a desvendar a origem dessa mulher e de suas tatuagens.

Além de uma história intrigante, as cenas de ação produzidas são de uma direção espetacular, contando sempre com o elenco favorável ao cenário - o que para uma série de procedural é ótimo, pois tira da mesmice semanal. Vale a pena conferir.





Quantico
Drama, Espionagem, Suspense

Canal: ABC | Estreou em: 27 de setembro

Criado por: Joshua Safran

Elenco: Priyanka Chopra, Jake McLaughlin, Josh Hopkins

Com um piloto bastante forte e a promessa de uma temporada muito agitada, Quantico garante seu lugar em nossa lista. A série aborda o corriqueiro e já conhecido mundo das investigações, só que de uma maneira que muitos ainda não tinham visto em outras produções.

Basicamente é isso que estrutura Quantico: uma nova revelação a cada novo episódio é a fórmula do sucesso dessa série e também o motivo de ser tão bem vista entre as estreias desta temporada. Transformar uma agente do FBI em terrorista não parecia ser algo legal, até começarmos a assistir todo o desenrolar que Quantico apresenta.





Crazy Ex-Girlfriend
Comédia, Musical

Canal: CW | Estreou em: 12 de outubro

Criado por: Rachel Bloom

Elenco: Rachel Bloom, Santino Fontana

Se existe uma série neste ano que pode ser classificada como espirituosa é Crazy Ex-Girlfriend. A comédia conta a história de Rebecca, uma jovem advogada obcecada por um ex-ficante da adolescência chamado Josh, que muda completamente sua vida ao ir morar em uma cidadezinha chamada West Covina - bem perto da praia, só que não -. Lá, ela conhece Paula, inicialmente uma rival, mas que acaba se tornando sua melhor amiga. Juntas, as duas se envolvem em altas confusões.

Com uma sinopse tão tosca quanto esta, por que essa série é uma das melhores coisas que estrearam na temporada? A resposta é simples: ninguém ali se leva a sério. Beira a genialidade a forma como eles intercalam os surtos da protagonista com números musicais maravilhosos como "The Sexy Getting Ready Song", "I Have Friends" e os hinos "Sex With a Stranger", "I’m a Good Person" e "Face Your Fears".

Se você curte uma comédia para se divertir sem pensar muito e gosta de musicais, Crazy Ex-Girlfriend é a série para você!!





Master of None
Comédia

Canal: Netflix | Estreou em: 6 de novembro

Criado por: Aziz Ansari, Alan Yang

Elenco: Aziz Ansari, Eric Wareheim, Kelvin Yu

Um dos fatores que mais nos faz gostar de Master of None é sua simplicidade. Nela não temos roteiros mega elaborados, nem grandes situações que saltam aos olhos e chamam a atenção. É apenas uma série sobre pessoas comuns “lideradas” por Aziz Ansari.

A série discute questões e problemas da vida adulta, como paternidade e sexo, com muita delicadeza e sutileza. A forma humana e divertida como tudo é retratado na série encanta, nos fazendo pensar em como às vezes nossa geração não valoriza os esforços que nossos pais fazem por nós. Um outro ponto positivo é como levantam a questão da imigração de forma leve e sincera. Sem dúvidas, mais um acerto da Netflix.





Marvel's Jessica Jones
Drama, Policial, Fantasia

Canal: Netflix | Estreou em: 20 de novembro

Criado por: Melissa Rosenberg

Elenco: Krysten Ritter, David Tennant, Rachael Taylor

A expansão do Universo Cinematográfico Marvel ganhou nomes de peso em 2015, porém ninguém estava preparado para a pancada final que seria Jessica Jones. A heroína com estresse pós-traumático criada por Brian Michael Bendis e Michael Gaydos, ganhou vida e estofo dramático com toda a característica simpatia da excelente Krysten Ritter.

Somem isto ao surgimento do vilão mais sinistro e bem construído do MCU – outro ícone no currículo de David Tennant –, que a fórmula para mais um sucesso garantido da Netflix trouxe o melhor dos resultados: um deleite visual que só nos fez torcer mais e mais pelo vindouro surgimento dos Defensores.



*****


Concorda com nossa lista? Faltou algo muito especial para você?
Comente, discorde, queremos saber sua opinião!
Tops 4473111365775025431

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item