loggado
Carregando...

[Review] How to Get Away with Murder 2x10/11 - What Happened to You, Annalise?/She Hates Us

QUE QUE TÁ ACONTECENDO?


QUE QUE TÁ ACONTECENDO?

Após uma longa pausa, HTGAWMurder está de volta com dois episódios bastante interessantes: um bem tenso, que abriu alguns arcos promissores para a trama dos personagens centrais e encerrou algumas pontas soltas da fall finale de forma bem prática; outro mais lento, porém com um conteúdo bem mais denso e discussões que me fizeram surtar um pouco.

Começando por What Happened to you, Annalise?, acompanhamos a jornada de recuperação de Annalise após ser baleada por Wes. Vimos que Laurel assumiu a culpa pelo tiro como uma forma de ajudar o rapaz, visto que a professora seria a segunda pessoa que ele tentou matar - saudades Sam Keating. Não sei se gostei muito dessa solução, pois ela me pareceu um tanto quanto gratuita. Por mais que Wes e Laurel se dessem bem, ela assumir a autoria de um crime por ele, mesmo que não tenha tido nenhuma denúncia formal no caso, me pareceu um pouco forçado. Aliás, essa trama se perpetua também em She Hates Us, onde vemos uma Annalise de saco cheio de tudo, tentando fugir de suas obrigações como advogada, mentora e, principalmente, com uma grave dificuldade em perdoar Wes pelo o que ele fez.

Essa foi uma abordagem interessante da personagem, que sempre se mostrou fria e cheia de si. São esses momentos vulneráveis dela que nos cativa, e mesmo a advogada tendo feito coisas desprezíveis para manter a si e aos seus em liberdade, não conseguimos não torcer por ela. Em relação ao tribunal, enquanto no primeiro episódio vemos o julgamento de Catherine por ter atirado na advogada e ter matado a promotora DJ, no segundo tivemos um caso maravilhoso de uma mãe que luta para reduzir a pena do assassino de seu filho. Sobre o julgamento de Catherine, foi bem tenso ver Annalise desestabilizada e alucinando com um bebê nos braços durante boa parte do episódio. Fiquei bem confuso sobre o quanto ela estava sã, visto que em alguns momentos ela parecia lúcida e montava o caso todo, mas em outros estava andando com um bebê imaginário e confessando não ter certeza do que aconteceu, não sustentando a própria mentira devido ao choque. Ainda bem que ela tirou mais uma de suas manobras da cartola e manipulou o irmão de Catherine para que ela confessasse - o que foi uma saída um pouco brochante, in my opinion.

Entretanto, toda a frustração que senti em relação às soluções do 2x10 não ocorreu em She Hates Us. O caso foi tão bom e conversou tão bem com a trama central do episódio - culpa - que me deixou embasbacado com os rumos que a história levou. Quando digo que esse episódio foi sobre culpa não estou brincando. Ele focou na culpa que Annalise sente em relação à mãe de Wes, que aparentemente perdeu a vida para ajudá-la, a culpa que o próprio Wes sente por ter atirado na professora/ser incompetente até mesmo em conseguir matá-la; a culpa dos Keating Five em não apoiarem uns aos outros e, quando tentam fazê-lo, sempre acabam mentindo e traindo a confiança alheia; e, principalmente, a culpa que Frank sentia em ter escondido de Laurel durante todo esse tempo que ele matou Lila.

Falando em Laurel, é inegável que ela é a melhor personagem dentre os Keating Five, seja por sempre se colocar à frente do grupo como uma liderança, nunca ficar reclamando de nada ou por se manter tendo atitudes práticas para solucionar problemas. Gosto bastante da relação entre ela e Frank e estou realmente curioso para saber como ela reagirá à revelação dele; algo que nem a própria Annalise sabe, vale ressaltar. De todo modo, tenho certeza que essa trama ainda vai render bastante e, sem dúvidas, podemos esperar bons plots desse fim de temporada.

P.S. 1: Roteiristas, não brinquem com o meu emocional colocando Wes em cenas de quase suicídio sem consumar o ato. O que vocês estão fazendo? Um jogo comigo?

P.S. 2: Confesso que ri da storyline de Asher encostado na casa de Connor. Até mesmo em plots dramáticos o cara funciona como um bom alívio cômico.

P.S. 3: Essa série está sem limites com esses flashbacks. Bonnie com cara de mãe da Annalise como aluna e Frank igual ao que está hoje de peruca não teve como defender, rs.

P.S. 4: Preparado psicologicamente para a mimimi tour do Wes agora que Annalise entregou a ele as informações sobre a mãe.

Reviews 2876978730511078841

Postar um comentário Comentários Disqus

Página inicial item